Vaca grávida que fugiu desesperadamente interrompe o trânsito para poder dar à luz

Uma sociedade que não respeita a vida, independentemente da espécie a que pertença, será de longe uma sociedade civilizada. Por isso, ficamos felizes em saber que em muitas partes do mundo as pessoas são capazes de fazer tudo o que imaginam para salvar as criaturas que precisam.

Na ocasião, os cidadãos de Valparaíso no Chile demonstraram sua humanidade ajudando uma mãe pobre que fazia um parto complicado na rodovia.

O protagonista desta história é uma bela vaca.

Acontece que quando a natureza chama nada pode detê-la. E foi o que aconteceu com o bovino que teve que se deitar no asfalto para trazer seu filhote ao mundo.

O evento aconteceu especificamente no bandejón central da rua Baden Powell, no setor El Bello, em Quilpué.

Depois de suportar as dores na calçada, saiu para a rua.

Ao ver a cena, os estranhos começaram a se aproximar e denunciar às autoridades. Um grupo de policiais apareceu para organizar o trânsito e evitar qualquer tipo de acidente; Além disso, dois veterinários também intervieram para ajudar.

Juntos, eles conseguiram fazer a vaca dar à luz.

Mas a questão não acabou com o parto, pois depois disso era preciso dar suporte à vaca que estava atolada no transtorno da situação. Os faróis dos veículos e a comoção do tráfego ao redor aumentaram seu estresse. 

No entanto, os veterinários permaneceram com ela o tempo todo. E conseguiram tranquilizá-la, enquanto os policiais continuavam a monitorar a cena.

Um esforço conjunto que deu bons resultados.

Embora tudo tenha corrido bem, não devemos deixar de pensar no quão perigoso foi aquele momento inesperado para a vaca e para os cidadãos. Além disso, a vaca não estava sozinha, mas outros quadrúpedes vieram acompanhá-la naquele momento especial.

Por mais surrealista que pareça, parece que os animais entenderam muito bem tudo o que estava acontecendo. 

Esse momento inesperado chamou a atenção de todos e o deputado Diego Ibáñez não reteve  sua opinião sobre o assunto.

“Aqui também existe um  problema de manejo responsável da pequena pecuária , que sabemos sempre existiu em Quilpué. Mas já com o crescimento da cidade, dos automóveis, é insustentável. Perigo para os animas e transeuntes. Estaremos monitorando ”. Disse o político.

O dono da vaca pode ser multado por esta situação. E, embora tudo tenha corrido bem com a mãe e seu filhote, talvez a sanção sirva de exemplo para outros fazendeiros da região. Os seres humanos são responsáveis ​​por seus animais de estimação e outras criaturas que estão sob seus cuidados, portanto, eles devem não apenas garantir sua alimentação, mas também sua proteção.

Ficamos felizes que essa mamãe deu à luz sem complicações.

Fonte: Zoorprendente

Facebook

PODE GOSTAR TAMBÉM