Todos pensaram que o cachorro parecia um “monstro”, mas ele continuou implorando por amor

Uma mulher chamada Charlotte estava vagando pelas ruas de Bali quando notou um cachorro de rua terrivelmente “desfigurado” chamado Delilah. 

Viver uma vida de dificuldades e privações claramente afetou o jovem vira-lata. Já que a maior parte de seu pelo havia caído, revelando sua pele dolorida e avermelhada por baixo. No entanto, foi a natureza afetuosa de Delilah que pegou Charlotte desprevenida.

Apesar de não ter nenhuma fonte de calor e conforto em sua vida, Delilah era uma doce com todos que encontrava. Ela abanava o rabo sem parar e sorria alegremente sempre que alguém se aproximava dela. Charlotte podia ver que a condição dolorosa da pele de Delilah piorava a cada dia, então ela decidiu resgatá-la das ruas miseráveis.

Salvar Delilah não foi nem um pouco fácil, já que o cão sofredor havia desaparecido quando Charlotte voltou com os suprimentos de resgate. 

A mulher ansiosa então estendeu a mão para um vendedor local e soube sobre o lugar miserável onde Delilah dormia todas as noites. Graças aos esforços combinados de muitos amantes dos animais, Delilah foi finalmente resgatada com a ajuda de uma armadilha.

A jornada de cura de Delilah nunca foi feita para ser moleza, mais ainda por causa de sua doença progressiva.

 Mas com amor, paciência e cuidado apropriado, ela desabrochou e se tornou uma garota ridiculamente bonita! Mesmo assim, a nuvem negra de incerteza ainda pairava sobre seu futuro, até o dia em que conheceu uma mulher chamada Amelia – sua mãe para sempre!

O vídeo abaixo não se concentra apenas no resgate extraordinário de Delilah das ruas de Bali. Mas também documenta sua transformação em sua glória fofa e abanando o rabo. O que realmente nos surpreendeu foi o espírito imperecível de Delilah e seu comportamento despreocupado durante todo o fluxo e refluxo da vida! Que sobrevivente!

Clique no vídeo abaixo para assistir à transformação mágica de Delilah após ser resgatada das ruas.

AVISO: o conteúdo deste vídeo pode incomodar alguns espectadores.

Fonte: I Love My Dog Somuch

Facebook

Quer mais histórias? Click »