Racismo separa jovens apaixonados no colégio. Mas quando ele a vê 43 anos depois, se recusa a deixá-la partir!

Antigamente, os casais inter-raciais passavam por momentos muito difíceis. Ainda existia muita discriminação na sociedade, e isso era algo que não era bem aceite pela maioria das pessoas. O racismo separa jovens apaixonados ainda nos tempos de hoje, mas esse casal é a prova que nunca devemos desistir do amor verdadeiro!

Howard era um jovem negro que andava no mesmo colégio que Myra, uma garota branca. Eles se apaixonaram nos tempos de escola, mas esse amor se revelou quase impossível. Os adolescentes viviam em Columbus, Ohio, e eram alvo de muitos preconceitos e discriminação

Mas, apesar de tudo isso, o casal continuou unido, forte e apaixonado. Os jovens foram para faculdades diferentes, e, por causa de suas raças, tiveram experiências muito diferentes. Howard conta que era alvo de racismo cruel na universidade, e que seus professores o tratavam mal por causa de sua cor de pele.

“Eu nunca tinha experimentado esse tipo de racismo, dessa forma”, diz Howard. O jovem não queria que Myra ouvisse comentários dolorosos, nem que fosse alvo de preconceito por estar com ele. Então, ele sabia que precisava terminar com a namorada para que ela fosse feliz. “Sua felicidade era a coisa mais importante”, continua.

Facebook – Myra Clark

Myra pensava de forma diferente, e ficou muito abalada. Mas a jovem teve que aceitar a decisão de Howard. O casal se separou e continuou a viver suas vidas separadamente. Anos depois, as tensões raciais diminuíram significativamente, e como a mulher nunca esqueceu seu amor de há 43 anos atrás, ela resolveu fazer algo maravilhoso…

Facebook – Myra Clark

Ela pediu a um amigo mútuo que a colocasse em contato com Howard. Myra, agora adulta, estava pronta para ver seu ex-namorado novamente. O casal voltou a se encontrar em 2013, em um parque de Columbus. Mesmo após décadas de distância, seu amor ainda existia e estava bem presente em seus corações.

Facebook – Myra Clark

Houve uma conexão instantânea entre os ex-namorados, e eles passaram horas a falar sobre suas vidas. Howard e Myra começaram a namorar novamente, e eles sabiam que nunca mais se iriam separar. “Eu me afastei uma vez. Eu não irei me afastar novamente “, disse Howard.

Facebook – Myra Clark

O doce casal que se conheceu na década de 60 resolveu casar em 2015. “Nós nos apreciamos um ao outro. Nós realmente nos amamos”, diz Howard. Sem dúvida, o final ideal para esse casal inter-racial.

Facebook – Myra Clark

O amor não escolhe cores, nem raças, nem culturas… e todos devem aceitar isso. Ainda hoje o racismo separa casais apaixonados, até quando isso vai acontecer? Compartilhe se acha que o racismo deveria acabar!

Fonte: Liftable

Facebook

Quer mais histórias? Click »