Professora dá chineladas em criança, mas não se apercebe que a sua mãe estava vendo tudo

As escolas deveriam ser locais seguros, onde os pais deixam as crianças com total confiança. Infelizmente, isso nem sempre acontece. Esta mãe se apercebeu disso da pior forma possível, e perdeu o controle.

Amanda Barros é mãe de um lindo menino de 2 anos. Recentemente, ela foi à creche buscar o seu filho e se deparou com algo terrível. Quando ela abriu a porta da sala, flagrou a professora batendo no garotinho.

A mulher não costumava ir tão cedo à escola, mas naquele dia tinha compromissos e resolveu ir buscar a criança um pouco antes. A diretora autorizou que ela subisse para levar o seu filho, mas a mãe estranhou quando encontrou a porta fechada. Ela bateu várias vezes mas ninguém abria. Então, ela resolveu entrar.

Foi aí que, nesse exato momento, ela encontrou a professora a bater no seu adorado menino com uma sandália. Este ato lamentável fez com que Amanda se descontrolasse. Com a raiva, ela agrediu a docente e lhe deu vários tapas. 

Meio Norte
Meio Norte

Depois disso, o garoto nunca mais foi às aulas. A mãe colocou um processo na professora e tirou o filho da instituição. Ainda assim, ela está muito desapontada com a Secretaria de Educação Municipal. Isso por que a professora que bateu no garoto continua a dar aulas.

“Isso é negligência total. Eu e meu marido estamos tendo muitas complicações para trabalhar, porque não vou deixar o meu filho voltar naquele lugar. Mas ela continua indo dar aulas e, provavelmente, fazendo isso com outras crianças, já que ficou claro que ela não tem a mínima paciência com bebês”, diz Amanda.

Escolas
Escolas

E você, faria o mesmo que essa mãe ao flagrar um professor batendo no seu filho? Compartilhe se acha que a professora merece ser punida por seus atos!

Facebook

Quer mais histórias? Click »