Policiais quebram o vidro de um carro para salvar cachorro que estava preso

Policiais quebram o vidro de um carro para salvar cachorro que estava preso

Você consegue se imaginar trancado em um carro sem que ninguém ouça seus pedidos de ajuda? Bem, isso é o que um pobre cachorrinho passou, mas felizmente alguns policiais agiram como seus anjos.

O cachorro foi deixado por seu dono em um veículo por horas. 

Os policiais quebraram o vidro para salvar uma vida indefesa

Apesar das inúmeras campanhas e chamadas de atenção que grupos de defesa dos direitos dos animais e autoridades fazem à população, há muitos proprietários negligentes que não pensam duas vezes antes de deixar seus animais de estimação nos carros.

Muitas criaturas perderam a vida durante esse tempo que parece minúsculo aos donos, porque acham que seus filhotes podem esperar em silêncio enquanto fazem suas compras. Mas acontece que não é assim, nossos peludos ficam apavorados ao viver esse tipo de experiência.

Muitos cachorros até perdem a vida desta forma.

O sufocamento é o principal risco que os filhotes sofrem ao serem deixados nos veículos, devido à má ventilação do ar e a situação se agrava durante o verão.

Por esta razão, os policiais de Clearwater, Flórida , não hesitaram em resgatar um cachorro em perigo.

Um vizinho relatou um latir vindo de dentro de um carro, presumindo que havia um peludo preso dentro. O carro estava estacionado em um estacionamento e os uniformizados demoraram alguns minutos para identificar com precisão onde o animal estava.

Devem ter sido horas de angústia para o pobre cachorrinho.

Os policiais ficaram chocados ao soltar o cachorro e perceber o quão desesperado e estressado ele estava.

O cachorrinho bebeu água desesperadamente, por estar sufocado com o calor que estava atingindo a cidade naquele momento.

Aparentemente os donos deste amiguinho tinham saído para curtir a praia e deixado o coitado ali com a janela entreaberta e um pouco do líquido vital. Mas isso é insuficiente para evitar asfixia de um pequeno animal.

A polícia teve que agir à força para resgatá-lo.

Uma vez no local, os policiais quebraram o vidro da janela, sabendo o quão perigoso poderia ser atrasar o resgate para a vida do cachorro.

“É seguro dizer que a temperatura dentro do veículo estava acima de 39 graus enquanto o cachorro ainda estava dentro”. Relatou o Departamento de Polícia.

Uma vez solto, não apenas lhe deram de beber, mas um dos policiais jogou água na pele do cachorro para baixar a temperatura. A pobre criatura estava literalmente à beira do colapso. 

Apesar de ter realizado o resgate, a polícia não conseguiu ficar com os peludos e por isso ligou para o Município de Controle de Animais de Pinellas . Eles sabiam exatamente o que fazer e concordaram imediatamente em apoiar o caso, uma vez que era impossível para o cão retornar aos cuidados de seus donos negligentes após ser solto.

A ação desses fardados chegou em tempo hábil, assim como o apelo do cidadão que decidiu dar conta da situação. Apenas aquele simples gesto ajudou a salvar a vida do filhote. 

Por sua vez, não se sabe se as autoridades vão abrir processo criminal contra os donos do animal. Embora se saiba que nos Estados Unidos esse tipo de negligência é severamente punido por lei. 

Embora o futuro do cachorro agora seja incerto, a boa notícia é que ele está vivo e com certeza no abrigo eles ficarão encarregados de realocá-lo com uma família mais responsável. Além disso, o peludo deve ser grato aos bravos homens que o ajudaram a sair daquela provação e lhe deram a oportunidade de viver novamente.

As boas ações sempre nos enchem de felicidade. Por isso não hesite em ajudar um pequeno animal em apuros ou chame as autoridades para libertá-lo de qualquer perigo. Eles não merecem nosso egoísmo.

Fonte: Zoorprendente

Facebook