Pai constrói cantinho de bambu fofo para a filha poder estudar

Se pesquisarmos na Internet “como montar um local de estudo ideal” encontraremos diversas dicas como “tem que ser um lugar silencioso”, “prefira ambientes com uma boa iluminação” , “tenha uma cadeira ergonômica”, entre outras. Mas, para a estudante de direito, Gisele Cassin, 21 anos, um cantinho feito de bambu, com muito amor e capricho pelo pai, foi o suficiente.

A estudante contou ao Razões que ela, os dois irmãos, de 10 e 15 anos, e os pais, são de Eugenópolis, interior de Minas Gerais, mas há oitos anos se mudaram para Petrópolis, Rio de Janeiro. “Lá meu pai trabalhava na roça, cultivava café, minha mãe era dona de casa, e eu cresci descalça, brincando de casinha e barro, mas não tínhamos muitas opções para sonhar alto, sabe? A decisão de vir para o Rio de Janeiro foi para dar estudo para os filhos. Acredito que foi bem difícil pra eles. Hoje, somos bem felizes aqui”, disse.

Atualmente, a família mora numa pequena casa do sítio onde o pai, Paulo Cassim, 49 anos, trabalha como caseiro. Por dividir o quarto com os irmãos, a estudante de Direito não tinha um espaço tranquilo para dedicar-se aos estudos. Começou a estudar na cozinha, depois tentou na varanda… mas não deu certo.

Cantinho de bambu

Um dia, ela chegou do trabalho e teve a linda surpresa de um cantinho de estudo feito de bambu! Isso mesmo, seu pai cortou alguns bambus do quintal, amarrou todos com arame, e finalizou com uma telha. “Já tem mais de um ano que o meu pai fez essa cantinho para mim. Foi uma grande alegria. Foi um exemplo prático de muito amor e carinho do meu pai por mim. Sempre digo que o amor pode transformar tudo, e transformou bambus em um cantinho de muito capricho e amor”, disse emocionada.

View this post on Instagram

Meu Cantinho de Estudos! Bom, vivo numa casa com 5 pessoas e no meu quarto dorme eu, minha irmã e meu irmão. Eu não tinha espaço pra estudar assim que comecei, estudava na cozinha, na varanda, mas era muito ruim. Então meu pai fez pra mim um cantinho de bambu. Isso mesmo, ele cortou bambu pelo quintal, cortou, amarrou todos com arame e colocou telha. Eu poderia ser ingrata e pensar: “não vou estudar aqui, não tem piso (é terra vermelha ainda), é frio, tem muito bicho, é perigoso, tem muita lagartixa”, enfim… mas juro que a minha reação foi a maior felicidade que eu poderia ter naquele momento, principalmente pela simplicidade do meu pai, da sua preocupação comigo, e do seu amor por mim, sempre me dando o melhor que ele poderia fazer.(inclusive ele continua estudando na cozinha); A minha mesa BRANCA? Bom, eu e meu pai achamos no lixo aqui perto de casa, e mesmo com muita vergonha, nos dois fomos lá buscar. As minhas canetas e coisas bonitinhas? Tenho muitas que são ainda do ensino médio que eu sempre guardei. Outras são presentes, a maioria do meu namorado, outros da minha melhor amiga. Enfim, esse mês resolvi dar uma melhorada no cantinho. É meu aniversário e eu queria muito uma festinha com os meus amigos (adoro bolo de aniversário), mas preferi comprar uns panos pra “parede” uns enfeitezinhos, pra ficar ainda mais aconchegante a minha casinha. Pra que escrevi tudo isso? Pra vc ter pena de mim? Óbvio que não! Mas pra te dizer que com amor, cuidado, carinho, a gente pode transformar tudo. E talvez quando vc reclamar de ter que estudar o dia inteiro, e tá com seu bumbum doendo, lembre que tem pessoas que sonham muito em ter o que você tem e o conforto que vc tem.(e não to falando só de mim, tem pessoas que vivem em condições muito ruins e continuam estudando). Ame o que vc tem, valorize o que tem, e não desanime! Sua hora vai chegar! #superacao #superação #minhahistoria #cantinhodeestudos #amor #pai #ConcursoPublico #Concursos #Servidora #Direito #OAB #Estudaqueavidamuda #CarreiraJuridica #concurseira #concurseiro #concurfriends #sdv #advogada #aprovada #escolhisermagistrada #escolhiserdiferente #vidaextraordinaria

A post shared by Escolhi ser Servidora (@escolhiserservidora) on

Ela cuida do local com muito carinho. Mobiliou ele com uma mesa – inclusive, que ela e o pai encontraram no lixo – e decorou com itens e presentes que ganhou de amigas e do namorado. “Esse mês resolvi dar uma melhorada no cantinho. É meu aniversário, apesar de adorar um bolo, preferi comprar alguns panos para cobrir a ‘parede’. Está ainda mais aconchegante a minha casinha”, relatou. Ah, recentemente o pai conseguiu um saco de cimento, agora, o chão que era de terra, vai ganhar piso!

Inspiração para o pai

E não acaba por aqui não, tem mais uma notícia boa desta história toda! A dedicação da filha nos estudos incentivou o seu Paulo. Ela contou que ele conseguiu terminar o Ensino Médio com a certificação do Enem, comprou um livro numa banca com mais de mil questões e estudou com o que tinha.

“Depois de um ano o inscrevi em Direito, acredito que era o grande sonho dele, e ele passou. Hoje vamos para a faculdade juntos, ele no quarto período e eu no sétimo. Meu pai é meu maior bem, e o mais precioso”. Um detalhe, o pai continua estudando na cozinha. É muito amor!

E sabe o que eles nos ensinaram com isso? A amar e valorizar o que temos. “Digo para as pessoas não desanimarem. A hora delas vai chegar!”, disse.

Você pode acompanhar a história da Gisele no Instagram @escolhiserservidora, lá ela divide seu dia a dia de estudos nesta fofa casinha de bambu, já que agora, o seu próximo projeto é passar num concurso público.

Fonte: Razoes Para Acreditar

Facebook

Quer mais histórias? Click »