Nunca chame o nome do seu cão quando tiver repreendendo. Quer saber o motivo!?

Todos nós já fomos repreendidos e já repreendemos! Quando nossos animais de estimação fazem asneiras, nós temos de lhes ensinar o que está certo e o que está errado para que eles não voltem a fazer o mesmo. Há quem use a força, o que está completamente errado e é crime!

O mais usual é falarmos alto com nossos amiguinhos e no meio daquela euforia toda repetirmos seu nome inúmeras vezes, para que ele entenda que fez algo ruim. De acordo com treinadores de cachorros e com a autora de “Como educar um filhote de cachorro” Sandra Ferrer, usar o nome do animal para repreendê-lo está errado! Saiba como fazê-lo:

Após escolhermos o nome de nosso patudo, usamo-lo para tudo. A intenção é que ele se habitue ao nome e venha ao nosso encontro quando o chamamos.

Shutterstock
Shutterstock

É normal que o animal não se identifique com o nome que escolhemos nas primeiras semana. Não se preocupe, o tempo fará seu trabalho!

Porém aprenda uma coisa: O nome que você escolheu deve ser utilizado como um prêmio! Por exemplo quando você chama “Bobby”, “Pindy”, “Stitch” ou qualquer que seja o nome que você atribuiu ao seu animal de estimação, ele deve ser recompensado por atender ao chamado com um passeio, comida ou brincadeira.

Tudo isso tem uma explicação lógica é claro. Se você chama o patudo e o repreende, ele pode começar a associar que sempre que você o chama é por uma razão negativa, desse modo ele passa a não responder pelo nome por ter medo!

Os cachorrinhos têm a mentalidade de uma criança de 3 anos, por isso eles são tão inteligentes.

O que devemos fazer para chamar a atenção sem mencionar o nome? Difícil não é?

1- Reserve seu nome para situações positivas! Aborde-o sem o uso do nome.

2- Mantenha o contato visual. Não se esqueça que o contato visual é muito importante na interação com nossos cachorros, para que eles entendam.

3- Use expressões como: “Não”, “Shh” ou “Quieto”.

Você deve procurá-lo calmamente e levá-lo ao local onde ele fez a asneira para chamá-lo à atenção.

Shutterstock
Shutterstock

Uma regra de ouro que muitas vezes falha é:

A família TODA, deve aplicar as regras ou castigos ao animal, para não confundi-lo!

Essas são ótimas dicas não acha? Com certeza você irá lembrar delas na próxima vez que tiver de chamar seu cachorro à atenção.

Se você gostou dessas dicas, compartilhe com seus amigos e familiares.

Facebook

Quer mais histórias? Click »