“Não me arrependo porque era uma cadela que só estava dando problema”, diz homem que matou animal com golpes de foice

O homem que matou uma cadela com golpes de foice na Vila Real, em Ponta Grossa, falou com a equipe de reportagem do portal D’Ponta Web News em uma entrevista exclusiva na tarde desta segunda-feira (12). Osvaldo, de 71 anos, assumiu ter matado a cachorra. Ele foi detido e liberado logo em seguida.

Na entrevista, o idoso comentou sobre o que aconteceu. “Era umas 6 horas da manhã quando ela atacou as galinhas hoje de manhã. Eu coloquei ela amarrada com a corrente neste poste e dei uma ‘foiçada’ na cabeça”, relatou.

Quando indagado se estaria arrependido do que fez, Osvaldo disse: “Tentei doar, mas ninguém quis. Não me arrependo porque era uma cadela que só estava dando problema pra gente”, falou.

Segundo os familiares do homem, a Prefeitura de Ponta Grossa foi acionada várias vezes para fazer o recolhimento do animal. “Eles nunca vieram aqui para levar a cadela. Confesso que matei para ela não incomodar mais ninguém”, finalizou.

Sobre o caso.

O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (12) e foi filmado por uma vizinha. As imagens mostram um senhor batendo cruelmente em um cachorro com uma foice. O animal estava amarrado e não conseguiu fugir.

Veja a entrevista feita ao vivo com o homem.

AO VIVO: Homem que matou cachorro com golpes de foice fala com D'Ponta Web News – 12/08/19

AO VIVO: Homem que matou cachorro com golpes de foice fala com D'Ponta Web News

Posted by D'Ponta Web News on Monday, August 12, 2019

Fonte: D’ Ponta Web News

Facebook

Quer mais histórias? Click »