Mulher não consegue parar de chorar ao reencontrar com seu cachorro após 3 meses de busca

Quando um cachorrinho se perde, a vida de sua família se transforma em dias vazios, cheios de angústia e desolação à medida que passam.

O desespero de não saber nada sobre aquele animal, que é da família, assume o espírito do lar e a força de cada um para seguir em frente. E assim unir forças para tentar de tudo para encontrá-lo com vida e saúde.

Realmente é uma experiência que ninguém quer passar, mas infelizmente foi o que aconteceu com Nabila Mohamed. Uma jovem argentina depois de perder seu querido cachorrinho Congo, que desapareceu sem deixar rastros.

“Nunca deixe seus cães sob os cuidados de outras pessoas”. Disse Nabila.

Depois que o Congo foi perdido, a vida de Nabila não foi a mesma. A esperança de ver o Congo novamente a manteve alerta e forte para procurar seu filhote em todos os lugares.

Felizmente, após meses de busca, o desejo há muito aguardado de Nabila de se reunir com seu amado animal de estimação se tornou realidade graças ao alcance das redes sociais.

Depois desse reencontro emocionante, a jovem argentina publicou em suas redes lindas fotografias que falam por si. 

As imagens mostram a alegria transbordante de Nabila e do Congo após aquele abraço cheio de amor e felicidade que sem dúvida é a expressão máxima do amor.

Por meio de suas redes sociais, a jovem de Bahía Blanca, Argentina, compartilhou a feliz notícia. Finalmente , após três meses de angústia, conseguiu encontrar o paradeiro de seu cachorrinho Congo e quis registrar o momento exato em que o viu. novo.

“Depois de três meses perdidos, este é o reencontro”. Escreveu Nabila junto com a foto emocionante.

Com a publicação da imagem feliz, Nabila não só deu a conhecer a notícia aos seus entes queridos, mas também fez alvoroço nas redes sociais. E em poucas horas a publicação tinha recebido centenas e centenas de reações pelo grande reencontro deste casal.

Os usuários das redes se solidarizaram com os sentimentos de Nabila e do Congo, expressando sua alergia com mensagens de carinho e comemoração.

“Deixo-lhes uma foto mais tarde naquele dia. Chama-se Congo e sou de Bahía Blanca. Foram os piores 102 dias da minha vida. Nunca deixe seus cães aos cuidados de outras pessoas porque ele tinha um chip e mesmo assim não era bom! ”Acrescentou Nabila.

O sorriso de orelha a orelha desta jovem nos mostra que a esperança é a última que devemos perder em situações urgentes como a que ela teve que viver.

Celebramos o reencontro de Nabila com seu amado Congo, compartilhando suas imagens emocionais.

Fonte; Zoorprendente

Facebook

PODE GOSTAR TAMBÉM