Mulher adota cãozinho que ninguém quis adotar, pois achavam ele ‘feio’

Todos os cães são lindos. Não importa se eles têm necessidades especiais, cicatrizes permanentes ou características não tradicionais, eles ainda são criaturas preciosas que merecem ser estimadas. 

Um cachorro, chamado Walter, foi esquecido em um abrigo. As razões pelas quais o cachorro foi esquecido (muitas vezes) partiu o coração de uma amante dos animais. A amante dos animais, uma mulher chamada Gabby, já estava no abrigo resgatando outro cachorro quando foi chamada por um voluntário para encontrar Walter.

O voluntário disse: “Ei Gabby, você precisa ver este cachorro!” O voluntária sabia que Gabby resgatava cães com necessidades especiais e pensou que poderia ajudar Walter a encontrar um lar para sempre. Assim que Gabby pôs os olhos no cão único, ela soube que ele era tudo menos comum. Ela nunca tinha visto um cachorro tão magro ou com uma mordida tão pronunciada. Ele também tinha deformidades óbvias nas pernas e na coluna. Gabby não se importou. Ela queria abraçar Walter e se apresentar.

Gabby entendeu que Walter não era apenas distinto e especial para ela, ela também percebeu a verdade dura e fria. 

Seria muito difícil achar um lar para Walter por causa de suas necessidades especiais. Ele ficaria muito tempo no abrigo ou seria sacrificado. A maioria das pessoas se encolheu ao passar pelo canil de Walter. Muitas pessoas achavam que o cachorro era simplesmente feio. Mas não Gabby! Ela o achava perfeito.

A mulher de bom coração soube ali mesmo que precisava levar Walter para casa e adotá-lo ela mesma. Gabby facilmente ignorou as “falhas” do cachorro. Para ela, Walter era perfeito. Não importava que ele não se parecesse com os outros cães ou que não tivesse uma vida longa; tudo o que importava era que ele era capaz de amar e Gabby era capaz de dar-lhe uma vida boa.

Walter tem uma condição genética rara chamada mucopolissacaridose, também conhecida como MPS VI. 

Infelizmente, é um distúrbio progressivo terminal. Mas mesmo que Walter não pudesse ter uma vida longa, isso não significa que ele não pudesse ter uma vida boa. Quando Walter foi para casa com Gabby, ela percebeu imediatamente que ele era extraordinário. Ele está feliz o tempo todo. Ele está determinado a andar (e até tentar correr) o máximo possível. Mesmo que seja difícil para seu corpo se locomover, nada impediu Walter. E Gabby adorou isso!

Gabby se concentrou na fisioterapia em uma pequena piscina infantil. Walter adorou. E a água fortaleceu seu corpo tremendamente. 

Gabby atribui seu vínculo com Walter a seu pai, que faleceu de esclerose múltipla. 

Ela explica que no final da vida do pai, ele também era deficiente, mas continuou muito forte. Isso deu a Gabby uma perspectiva totalmente nova sobre pessoas e animais que enfrentam tais adversidades, mas exibem tanta tenacidade. Ver Walter e sua atitude positiva lembrou Gabby de seu pai. Seu pai era exatamente da mesma maneira.

Esta história é verdadeiramente especial – e o vídeo abaixo mostra a jornada de Walter e Gabby lindamente. Recomendamos que você aproveite seu dia agitado e observe. Depois de fazer isso, você vai querer compartilhar com amigos e familiares para que eles entendam que TODAS AS CRIATURAS merecem uma vida feliz, não importa o que aconteça! Você não concorda?

Fonte: I Love My Dog

  • Se inscrevam no nosso canal para ter informações do mundo dos pets. Clique AQUI.
Facebook

Quer mais histórias? Click »