Morre a cadela que comprava a própria ração em Pouso Alegre (MG)

A Cachorra tinha uma infecção no útero e morreu após passar por cirurgia. Nanny tinha 7 anos e era da raça labrador.

Morreu na tarde deste domingo (09) a cachorrinha Nanny, que ficou conhecida em toda o Sul de Minas nesta semana após ser flagrada carregando a própria ração de um petshop em Pouso Alegre até o carro de sua dona. A morte da cadela da raça Labrador foi confirmada pela dona do animal, a costureira Silvana Ribeiro da Silva.

O vídeo da cadela levando a própria ração foi mostrada em sites e TVs regionais.

Ainda muito abalada com a morte repentina da cachorra, Silvana contou ao Terra do Mandu que Nanny passou mal no dia 08. A costureira até achou que tivesse sido por conta de algo que a cachorra tinha comido.

Mas, um exame na clínica veterinária mostrou que Nanny tinha uma grande infecção no útero e uma cirurgia para a retirada do órgão realizada no mesmo dia. A cadela voltou para casa andando. Silvana diz que Nanny parecia estar bem. Mas neste domingo começou a ficar mais quietinha e fria.

Os médicos veterinários foram até a casa de Silvana, mas já era tarde.

No vídeo, Nanny aparece pegando a sacola de ração na boca e indo embora, sem nenhum comando, tranquilamente pelo passeio, até chegar ao carro da dona e deixar a ração lá dentro.

A dona do animal contou que a cachorrinha começou a pegar as sacolas de compras de supermercado quando tinha 4 anos. E de lá pra cá, não parou mais de ajudar nas tarefas domésticas.

“Ela carrega outras coisas também aqui em casa. Carrega objetos, se eu estiver na rua e tiver que pegar alguma coisa, ela me ajuda a trazer. Divide o peso com a gente, ela quer sempre ajudar, sempre foi muito prestativa”. Disse a dona da cachorrinha, a costureira Silvana Ribeiro da Silva.

Ainda segundo a dona da cachorrinha, Nanny gosta é de gente e é apaixonada por crianças.

“Ela gosta muito de gente e é muito obediente. Em todo lugar que ela vai as pessoas querem passar a mão nela, tirar foto. Desde pequena ela sempre foi assim, sempre chamando a atenção. Adora crianças. Apaixonada por crianças”

Ela não ligava muito para os outros cachorros, ela gosta é de humanos, humano é que é o negócio dela”, completou a costureira.

Hélio Carlos, que atendia a Nanny em uma casa de ração, postou uma despedida no facebook:

“É com muita dor o coração que posto meu adeus a Nanny.
Uma cachorrinha tão alegre e esperta que nos trouxe tantas alegrias nas redes sociais essa semana levando a sacolinha de ração até o carro. Nanny sofria de uma infecção grave no útero e teve que passar por uma cirurgia. Infelizmente teve uma parada cardíaca na tarde deste domingo.

Meus sentimentos a toda família da Nanny por ter dado a ela todo carinho, amor e cuidados que todos os cães do mundo merecem. Nanny realmente conheceu o amor e deixou muito amor nos corações de todos!”

Fonte: Vida Pet News

Facebook

Quer mais histórias? Click »