Homem salva cão que estava morrendo em uma poça de lama e com amor transforma sua vida

Às vezes, as pessoas se esquivam de ajudar porque acreditam que isso os levará a uma grande responsabilidade, sem imaginar como pode ser recompensador fazer o bem. Desta vez queremos dar um exemplo claro dessa situação encarnada no Sr. Jorge Jaime, que entrou em ação ao ver um cachorro morrendo.

O mestiço estava quase morrendo em uma poça de lama.

Diante da cena infeliz, Jaime não conseguiu passar e deixar de lado todas as suas dúvidas para se apressar em fazer o bem. Ficou claro que o cachorro precisava de ajuda e parecia que ninguém tinha a intenção de fazê-lo.

Mas havia este grande homem.

Jorge Jaime aproximou-se cautelosamente do cão peludo, para que não fosse um cão agressivo, pelo contrário, assim que viu o homem o cão começou a uivar. Era como se o mestiço implorasse por ajuda.

Jorge o resgatou de uma rua em Nuevo Laredo, norte do México.

Jorge tomou-o nos braços e conduziu o mestiço para a sua nova casa. Ao chegar em casa, o cachorro foi banhado em uma espécie de piscina para retirar toda a sujeira de seu corpo.

Além disso, Jorge alimentou-o e cuidou para que não apresentasse lesões externas que merecessem mais cuidados.

Felizmente, ele estava com boa saúde. Seu maior mal era a desnutrição e o cansaço que carregava nas costas.

A ajuda de Jorge chegou na hora certa.

Depois de um ano desse resgate, o bom homem decidiu compartilhar sua experiência por meio do grupo do Facebook Huellitas de amor. Jorge publicou uma série de fotografias que intitulou “O amor tudo pode fazer”.

“Foi assim que eu encontrei, dei banho e mudou com o banho. Hoje, depois de um ano que o resgatei, ele vive assim feliz, livre de todos os abusos. Com um pouco de amor você pode fazer muito ”, comentou Jorge na publicação.

A mudança que o peludo mostrou é surpreendente e sem dúvida tudo graças ao carinho e ao carinho de Jorge.

Divulgar o seu caso não é uma forma de buscar elogios, pelo contrário, inspira outras pessoas a entender que para ajudar você não precisa ser milionário. Além disso, sugere que fazer o bem é responsabilidade de todos e não apenas os abrigos estão lá para ajudar esses peludos.

Parabenizamos Jorge por sua bela atuação, agora ele conquistou uma fiel companheira. Compartilhe este caso emocionante e vamos multiplicar as boas ações. Juntos podemos fazer uma mudança!

Fonte: Zoorprendente

Facebook

Quer mais histórias? Click »