Homem resgata 7 cachorrinhos abandonados em uma ilha deserta

Junior Cook estava explorando as águas de uma pequena ilha canadense, sem saber que faria parte de um resgate incrível. Enquanto navegava, ele e seu amigo ouviram vários ruídos estranhos vindos da pequena ilha, que deveria estar desabitada.

Como sabiam que a ilha estava abandonada, não deram muita atenção, mas aquilo não saia da cabeça de Junior e ele decidiu voltar no dia seguinte.

Preocupado com o incidente, Junior achou que os sons poderiam ser gritos de alguém que precisava de ajuda, por isso quis investigar mais a fundo.

Quando chegou ao local, Junior não acreditou no que viu. Eram sete cachorrinhos abandonados que choravam e corriam angustiados pela ilha.

O homem queria ajudá-los, não podia deixá-los lá. Então ele contatou uma organização animal local; que se dedicam a resgatar animais e transportá-los para abrigos locais ou outras áreas, a fim de que tenham um lar para sempre.

Para a sorte dos filhotes, esta organização decidiu ajudar no resgate e eles se dispuseram a contribuir com toda sua experiência para salvá-los.

O grupo escreveu no Facebook. “Este não é um caso isolado, acontece diariamente em todo o mundo”.

A princípio, Junior e seu amigo pensaram que os ruídos vinham dos lobos. Mas felizmente ele decidiu voltar à ilha para ver o que estava acontecendo.

A diretora do centro de resgate, disse:

“Ele e seu amigo estavam do lado de fora e estava escurecendo, e eles ouviram alguns ruídos na ilha. Eles pegaram seus binóculos e não conseguiram ver nada além de algumas sombras escuras, e eles ouviram muito choro. Eles originalmente pensaram que eram lobos.

Embora a organização estivesse disposta a ajudar em tempo hábil, organizar o transporte para este caso específico foi mais complicado do que o esperado. Por isso, resolveram entregar cestas básicas para alimentar os cães nos dias seguintes, enquanto criavam uma forma de tirá-los da ilha.

Junior continuou a ajudar durante todo o processo de resgate e até trouxe os pacotes de comida para os filhotes todos os dias.

Os pequenos estavam completamente desnutridos, à beira da morte. E com tanta fome que no primeiro dia comeram uma trouxa inteira de comida.

Embora os cães fossem bastante tímidos e se afastassem sempre que avistavam o barco de Júnior, essa situação mudou com o passar dos dias e eles se tornaram mais amigáveis.

Eventualmente, os filhotes foram resgatados da ilha e viajaram 530 quilômetros até Winnipeg.

A tripulação da Ilha era composta por quatro meninos e três meninas.

Mesmo que finalmente estivessem seguros, os filhotes ainda precisavam de atenção médica imediata para tratar seus problemas de saúde

Deb disse. “Eles receberam tratamento médico para pulgas, vermes e desnutrição, quando estiverem saudáveis ​​serão encaminhados para adoção”.

Muitas pessoas se ofereceram para serem seus adotantes em potencial, então Junior e seu amigo Bobby quiseram ir ao abrigo para se despedir dos sete filhotes, antes que eles fossem para suas casas permanentes.

Fonte: Mundão Animal

Veja também:

Facebook

PODE GOSTAR TAMBÉM