Homem comprou avião para voar salvando cães e gatos de serem sacrificados

Paul Steklenski é o nome do veterano do exército que agora viaja por todo o país para salvar animais de estimação em risco de eutanásia devido à superpopulação em abrigos de animais.

Paul, 45 anos, aprendeu a voar depois de deixar o exército e fez isso por hobby. E agora comprou seu próprio avião de US $ 65.000 apenas com o objetivo de poder resgatar centenas de gatos e cães de abrigos.

O veterano reside em Schwenksville, na Pensilvânia, e percebeu que queria salvar animais abandonados em abrigos depois que adotou um cachorro sem teto que estava em um dos centros de resgate.

A primeira ideia de Paul Steklenski foi dirigir até cada um dos abrigos nos Estados Unidos que matam seus animais de estimação. E depois transportar os caninos para outros centros ou locais para ajudá-los a encontrar um lar definitivo.

Mas algo fez o veterano duvidar e era que dirigir não seria rápido o suficiente para salvar animais em risco de serem mortos, ele sabia que seria capaz de dar uma chance a muitos animais abandonados se os transportasse de outra maneira.

Em 2013, foi quando ele começou a praticar como pilotar um avião. 

Voar para ele era apenas uma distração até então, mas tudo deixou de ser um hobby quando ele percebeu que precisava obter sua licença para voar pelo país em sua missão de resgate de animais.

Em maio de 2015, Paul Steklenski estabeleceu o Flying Fur Animal Rescue como uma organização de resgate e diz que só ele salvou 742 animais até o momento.

Muitos dos animais foram negligenciados ou maltratados antes de chegarem ao abrigo. Para Steklenski, ver os cães no abrigo era de partir o coração , ele não suportava a ideia, nem nós, de que os animais fossem sacrificados porque estavam presos em uma determinada área.

Quanto mais ao sul você vai, mais há um problema de superpopulação de animais de estimação. Isso é angustiante. 

Percebi que poderia ajudar a fazer a diferença indo até lá, recolhendo-os e levando-os para outros abrigos ”, diz Paul.

O veterano passou oito anos no exército e atualmente vive com sua esposa Michelle, 46; ele dedica um dia inteiro por mês a voar pelos abrigos e pegar alguns gatos e cães salvando-os da morte.

Geralmente, seus vôos são da Carolina do Norte para abrigos em outros estados onde há uma chance maior de serem adotados. Ele conseguiu 23 animais de estimação em seu avião ao mesmo tempo.

O avião é uma ferramenta que me permite fazer muito em um dia que eu não poderia fazer com um ônibus. É um trabalho muito sacrificado, mas muito gratificante ”, diz Paul.

Paul conta anedótico que, depois que o motor liga, os animais adormecem ou relaxam olhando para o céu.

Agora, na casa dos Steklenski, existe um segundo cão adotado chamado Layla. A família não tem filhos e ter a companhia de cães agora é uma felicidade para ambos.

Compartilhe essas notícias com seus amigos para que mais pessoas saibam que existe um verdadeiro herói voando no céu!

Fonte: Zoorprendente

Facebook

Quer mais histórias? Click »