Grupo de heróis salva dezenas de cães do mercado ilegal de carne

Dezenas de cães neste mundo têm o triste destino de perder suas vidas por sua carne. Esta é uma prática terrível que ainda existe, embora cada vez menos.

Comer carne de cachorro é algo que, por mais horrível que pareça, algumas culturas ainda apoiam. Felizmente, existem centenas de ativistas dos direitos dos animais que fizeram grandes avanços nesta área.

Esta é a história de um grande grupo de cães resgatados em péssimas condições em uma fazenda na Coreia do Sul. A organização Humane Society International (HSI) salvou 50 animais deste local localizado na província de Gyeonggi-do. Os pobres foram trancados em pequenas jaulas, vivendo no meio da sujeira. 

Felizmente, eles foram descobertos lá pouco antes do início da temporada de verão de Bok Nal, época em que os sul-coreanos consomem mais carne de cachorro por ano.

Anualmente, naquela nação, mais de um milhão de animais são comidos, 70% deles sendo consumidos em três datas do calendário lunar: 17 de julho, 27 de julho e 16 de agosto. A carne é consumida em uma sopa que supostamente aumenta a virilidade e tem outras propriedades. 

Na verdade, tudo faz parte de uma crença que nada tem a ver com benefícios comprovados.

“Esta fazenda é infelizmente mais uma de muitas pequenas fazendas onde os cães são criados para virar comida.

«É vital mostrar aos coreanos a terrível realidade que estes lugares escondem, pois muitos não a conhecem. Embora esta prática esteja a desaparecer, e prevemos que em poucos anos irá desaparecer, durante os dias de Bok Nal vemos um aumento no número de pessoas que comem sopa com carne de cachorro “. Continuou ele.

A HSI tem portanto, trabalhado para influenciar os agricultores a pararem de comerciar carne de cachorro, sugerindo que eles cultivem outros tipos de produtos em seus negócios. Eles tiveram sucesso, pois esta é a 12ª fazenda que concluem.

A maioria dos cães resgatados é portadora de péssimas condições de saúde, como doenças de pele, pernas doentes, desnutrição, entre outras coisas infelizes. O presidente da organização mencionou os possíveis avanços que podem ser feitos na proteção dos animais, tendo em vista as últimas declarações do Presidente Moon a esse respeito.

Este também é o caso da China, Vietnã, Indonésia e Índia. Bem como em Hong Kong, Filipinas, Taiwan, Tailândia e Cingapura. As campanhas devem continuar, todos nós podemos fazer a nossa parte para acabar com esses atos terríveis de crueldade. 

Convidamos você a compartilhar as informações e imagens para aumentar a conscientização, Basta!

Obrigado ás pessoas que tem lutado para que essas práticas cruéis tenham fim! Esperamos que esse fim esteja muito próximo.

Fonte: Zoorprendente

Veja também:

Facebook

Quer mais histórias? Click »