Gato foge de casa para acompanhar velório de dona morta em acidente

Um gato presente no velório de Luzia Aparecida Alencar dos Santos, de 32 anos, e da filha dela, Júlia dos Santos, de três, vítimas do acidente com um ônibus de turismo que saía de Campos do Jordão (SP) com destino a Baixada Santista, chamou a atenção de familiares e amigos que velam os corpos. Segundo parentes das vítimas, o felino era da menina e foi escondido para o velório.

Os corpos de mãe e filha vítimas do acidente que matou 10 pessoas e deixou 51 feridos na serra de Pindamonhangaba (SP) estão sendo velados na Osan, em São Vicente, no litoral paulista. O felino acompanhou o velório e não saiu do lado da criança em nenhum momento.

O gato era de estimação da menina Júlia, que batizou o felino com o nome de Ópera. Ele teria aproveitado que o portão da casa estava aberto quando a família saía para o velório e se escondeu embaixo do banco do carro. Durante toda a manhã, ele permaneceu em volta dos caixões. E em alguns momentos, ficou sentado em uma cadeira com os familiares.

No local, familiares também registraram o gato, em alguns momentos, saindo do interior da capela apenas para beber água em uma vala no entorno. E em seguida, voltando para o mesmo lugar onde ocorre a cerimônia. Ambas deverão ser sepultadas juntas a partir das 16h de terça-feira no Cemitério Municipal da cidade.

A dor da perda dói igualmente para os animais de estimação. Eles entendem o que esta acontecendo.

Nossos sinceros sentimentos aos familiares e amigos das vítimas. Desejamos força e fé para suportar esse momento de tristeza e dor.

Fonte: G1 Globo

Facebook

Quer mais histórias? Click »