Garoto arrecada R$ 320 mil para comprar coletes à prova de balas para cães da polícia

Desde cedo, o pequeno Brady Snakovsky, de 9 anos, sonha em se tornar um policial. Em suas palavras, “para manter a vizinhança segura em primeiro lugar”. Brady também é um amante dos cães. E adoraria ter seu próprio parceiro K9 quando se tornar um policial.

No início deste ano, ele e sua mãe assistiam a um programa de TV que falava sobre os coletes balísticos dos agentes policiais. Foi nesse momento que Brady descobriu que os cães atuam completamente desprotegidos. Haja visto que a vestimenta é exclusiva dos seres humanos.

O pequeno ficou entristecido com o fato. Após realizar uma pesquisa online, ele descobriu que a maioria das unidades de segurança com cães K9 eram autofinanciadas.

Além disso, os pais de Brady certamente não tinha dinheiro suficiente para comprar um colete balístico de US$ 1.200 (R$ 5 mil) para cada um dos cães.

Ao lado de sua mãe, o garoto decidiu que ajudaria esses cães de alguma forma, ciente do valor de cada colete. Ele não esmoreceu: criou uma vaquinha online (campanha de financiamento coletivo) para arrecadar dinheiro suficiente e comprar os coletes para os cachorros.

“Eu quero ser policial porque quero manter as pessoas em segurança”, disse Brady ao site Fox 8 Cleveland . “Porque é muito importante para esses cães que salvam as vidas das pessoas terem segurança em seu trabalho”.

Assim que começou a divulgar a vaquinha, ela rapidamente viralizou e repercutiu entre os usuários das redes sociais. Em questão de semanas, Brady arrecadou US$ 80 mil (R$ 320 mil). E conseguir adquirir 79 coletes especiais para os cães espalhados entre as corporações policiais dos Estados Unidos.

A corporação agradeceu em nota oficial o ato caridoso e de boa fé de Brady.

Agora os K9 poderão combater crimes em segurança!

A empresa responsável pela produção dos coletes se sensibilizou com a nobre ação do garoto e resolveu vendê-los por um valor abaixo do habitual.

Uma história linda como essa enche nossos corações de esperança e alegria! Compartilhe com seus amigos. Obrigado.

Fonte: Catioro Reflexivo

Facebook

PODE GOSTAR TAMBÉM