Gaivota visita senhor que a salvou há 12 anos todos os dias

Gaivota visita senhor que a salvou há 12 anos todos os dias

O inglês John Sumner arranjou uma inusitada amizade há 12 anos. Em 2007, ele avistou um pássaro com uma perna quebrada e decidiu cuidar da ave até que ela se recuperasse totalmente.

“Eu o vi gritando e gritando acima da minha cabeça em agonia e eu não sabia o que fazer. Eu não achei que ele iria sobreviver, sua perna estava completamente quebrada”, relembra John, hoje com 80 anos.

Curiosamente, o pássaro, que John apelidou de “Chirpy”, desenvolveu um vínculo ímpar com o homem, passando a visitá-lo todos os dias na praia – em Yelland, Devon, na Inglaterra, – desde então.

Ajuda vital

Quando avistou Chirpy no alto de uma árvore agonizando de dor, John deu biscoitos do seu cão à ave para acalmá-la. Após, levou-a até sua casa, onde aplicou curativos em sua perna. Após alguns dias, Chirpy estava praticada curada. O homem então a levou até a praia, onde ela bateu asas e foi embora.

Após um tempo, John notou que uma das pernas da gaivota havia ficado um pouco torta. No entanto, ela conseguia andar e planar perfeitamente, sem agonizar mais.

Agora, de tempos em tempos, Chirpy visita seu velho amigo, antes e depois das migrações.

“Ele não vai para ninguém além de mim, então ele tem algum tipo de relacionamento comigo ”, diz Sumner.

Vai e vêm

“Em março, ele vai sair e fazer o que é natural e, em setembro, volta comigo normalmente depois de fazer o ninho.

“Não há tantas gaivotas de cabeça preta na praia de Instow. Se houvesse mais de 20 ficaria surpreso ”, acrescentou.

“As pessoas ficam espantadas quando eu digo, elas não conseguem acreditar que uma gaivota voltaria assim. Isso faz você pensar em que tipo de mundo nós realmente estamos – eles sabem mais do que achamos que sabem?, questiona John.

Fonte: Razoes Para Acreditar

Facebook