Freddie Mercury sobe ao palco e canta como nunca… Mas espere até ver quem se junta a ele

Quando ouvimos o nome de Freddie Mercury, pensamos de imediato na incrível voz atrás de clássicos como “Bohemian Rhapsody” e “We Are The Champions”. Este desempenho, no entanto, é diferente de qualquer outro. O Mercury, que sobe ao palco neste vídeo, não é frequentemente lembrado, mas deve ser ouvido. Muitos podem pensar que seria improvável uma lenda do rock e uma estrela de ópera fazer um duo musical, mas o desempenho de Mercury com Montserrat Caballé mostrou que nada é impossível.

Tudo começou quando Mercury viu Caballé actuar no palco no Royal Opera House, em Londres, em 1983. Assim que ela começou a cantar, ele sabia que queria atuar ao seu lado. Anos mais tarde, Mercury foi abordado para escrever uma música para os Jogos Olímpicos em Barcelona e trabalhar com Caballé.

Embora Caballé tivesse ficado um pouco duvidosa no início, ela explicou mais tarde que a dupla funcionou muito bem “ele estava vendendo a voz. A técnica foi surpreendente. Não tem problema de tempo, ele cantou com um sentido incisivo de ritmo, sua colocação vocal foi muito boa” A admiração era mútua; Mercury descreveu a voz de Caballé como “a melhor do mundo.”

O resultado de seu trabalho duro, o álbum Barcelona, foi lançado em 1988. Infelizmente, os dois não chegaram a trabalhar juntos de novo, Mercury morreu pouco tempo depois. Se não fosse por sua morte, Caballé acreditava que ele teria levado o seu amor pela música clássica muito mais longe. “Nós conversamos sobre fazer algo juntos, mais clássicos. Também falamos sobre a gravação de O Fantasma da Ópera, que ele amava muito.”

Facebook

Quer mais histórias? Click »