Filmagem mostra filhote de gato sendo chutado repetidamente por um homem no bairro Passaré

Um vídeo, filmado no dia 28 de setembro, mostra o momento em que um homem chuta repetidamente um filhote de gato junto a uma creche no bairro Passaré. As imagens, divulgadas nas redes sociais, foram registradas pelas câmeras de segurança de uma residência local. Nelas, podemos ver o homem descendo do carro, com o filho e a mulher, e se dirigindo até à calçada para chutar o pequeno animal, retornando em seguida para o veículo.

Depois do incidente, a família caminhou até à creche que a criança frequenta. O momento causou revolta nos moradores do bairro, que informaram que o filhote ficou bastante machucado. Uma das pessoas locais decidiu fazer um boletim de ocorrência e adotou a gata, a quem chamou de Nana.

Olhar Animal
Investigação em curso

O caso de maus-tratos já foi encaminhado para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente. Agora, a Polícia Civil está fazendo os possíveis para identificar o suspeito do crime. As imagens das câmeras de vigilância foram anexadas à investigação. O presidente da Sociedade Protetora dos Animais, Márcio Sousa, diz que a entidade está acompanhando o caso.

De acordo com o artigo n.º 32 da Lei de Crimes Ambientais, existem consequências para quem “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

1º. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

2º. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

Olhar Animal

Rossana Leitão, uma economista que mora na rua onde o caso de maus-tratos ocorreu, decidiu adotar o animal. Segundo ela, a gatinha de apenas um mês e meio ficou coxeando depois dos chutes, e teve que ser submetida a uma cirurgia junto à virilha.

A gata se chama Nana e já brinca, come e está se recuperando bem. “Ela é uma guerreira, ela pediu para viver,” explica Rossana. A adotante e o marido fizeram um boletim de ocorrência e estão esperando novidades acerca do caso.

Fonte: Olhar Animal

Facebook

Quer mais histórias? Click »