Em meio a epidemia de coronavírus em SP, comerciante cria ‘mesa solidária’ para doar alimentos

Com uma mesa repleta de alimentos gratuitos e uma placa com os dizeres “Vamos Vencer”, um comerciante decidiu ajudar e incentivar compradores a deixarem produtos para pessoas carentes em frente ao seu supermercado em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (19).

Por conta da pandemia de coronavírus, o comerciante Vinícius Morgado, de 32 anos, relatou ao G1, neste sábado (20), que percebeu a dificuldade de famílias que precisam do alimento, inclusive de mães que estão com os filhos sem ir às escolas.

“Tive a ideia de ajudar com a mesa cheia e colocar a placa para incentivar quem passa por aqui a deixar sua doação, para criar uma corrente de ajuda”, comenta.

A placa com os dizeres “Se você não tem, pegue consciente!” e “Caso queira, deixe aqui sua doação”, fez sucesso entre moradores da cidade, que aderiram a campanha e levaram produtos até o local.

A placa também esclarece que o alimento não precisa ser do supermercado deles, pode ser de casa ou de outro mercado das redondezas.

“Não importa o local que eles comprem, o que interessa é fazer parte disso. Não estou no mundo para fazer peso, a gente precisa entender a dor do próximo e pensar em formas de ajudar”. declara Morgado.

O proprietário conta que deixou a mesa disponível às 7h. Com macarrão, batatas, óleo, farinha e outros alimentos diversos, moradores da região passavam pelo local e buscavam o que precisavam. “As pessoas pegam com consciência, separando aquilo que precisam”, comenta.

Alguns moradores da região se envolveram, ajudando com mais doações. O proprietário explicou que a primeira mesa foi feita com doações do mercado, mas a intenção é que ela fique completa com as doações de quem passa pelo local. Ele comenta que a iniciativa vai continuar e a mesa vai permanecer em frente ao mercado.

De acordo com Morgado, o momento é de crise. Mas ele acredita que ações como essa não prejudicam nem as pessoas nem o comércio dele, que é recente na região. “Quando você pensa em negócio, você pensa em financeiro, mas quando você pensa em vida, o que interessa é algo muito maior”, finaliza o proprietário do mercado.

Fonte: G1

Facebook

Quer mais histórias? Click »