Casa de repouso encerra e os idosos ficam em risco de vida – então, o cozinheiro e o faxineiro resolvem agir

Quando uma casa de repouso da Califórnia foi forçada a fechar as portas, vários idosos incapacitados ficaram sem qualquer tipo de apoio. Quase toda a equipe foi embora, pois não iriam mais ser remunerados. No entanto, o cozinheiro e o faxineiro não conseguiram ficar indiferentes às pessoas necessitadas, e foram lá todos os dias para garantir que os idosos que ficaram para trás tivessem alguém para cuidar deles.

A casa de repouso Valley Spring Manor foi fechada devido a uma série de incumprimentos, entre eles a falha em verificar os antecedentes criminais dos funcionários. Para além disso, haviam queixas de maus tratos e de fornecimento de medicamentos inadequados.

Os moradores da casa de repouso foram para outros lares, mas 16 ficaram para trás. Muitos deles eram acamados, incapacitados ou sofriam de demência. Com ninguém para cuidar deles, eles teriam morrido. Somente dois membros da equipe permaneceram e ajudaram essas pessoas necessitadas: o cozinheiro e o faxineiro.

“Haviam cerca de 16 residentes deixados para trás, e tivemos uma conversa na cozinha, ‘O que vamos fazer?'”, disse o cozinheiro, chamado Michael Rowland.

Kron 4

“Se partíssemos, eles não teriam ninguém”, explica Miguel Alvarez, o faxineiro. Ele próprio tinha sido abandonado na infância, e não queria que qualquer outra pessoa passasse pelo mesmo. Sabendo que os idosos precisariam de um acompanhamento de 24 horas, Michael e Miguel agiram de imediato.

Eles alimentaram, limparam e forneceram medicação aos idosos que ficaram para trás. Os dois apenas iam às suas casas tomar um chuveiro rápido. Os homens sabiam que os moradores da casa de repouso precisavam cuidados a toda a hora. “Eu só ia a casa por uma hora, tomava banho, vestia-me e ficava lá (na casa de repouso) por 24 horas”, disse Alvarez. O cozinheiro e o faxineiro não eram remunerados, fizeram tudo de boa vontade para que os idosos não morressem.

Durante o tempo em que trataram dos seniores, um residente de 65 anos saiu das instalações. Felizmente, ele foi encontrado seguro na semana seguinte. Mas só quando a condição de outro residente começou a se agravar é que a dupla chamou o serviço de emergência. Nessa altura, as autoridades entenderam a gravidade da situação.

Kron 4

Apenas 40 minutos depois da chamada, o Estado fez a evacuação em atraso dos restantes residentes. “É claro que os procedimentos não foram seguidos (pelos funcionários estatais) e isso foi inaceitável”, disse o porta-voz do departamento Michael Weston. Se o protocolo correto fosse seguido, a instalação teria sido evacuada muito antes do fecho ter ocorrido.

Se não fosse pelas ações maravilhosas de Rowland e Alvarez, os moradores poderiam ter morrido. Compartilhe para homenagear esses heróis, que não descansaram até verem os idosos em segurança!

Fonte: Liftable

Facebook

Quer mais histórias? Click »