Artista descreve perfeitamente o quão bom é viver na companhia de um cão

Uma artista decidiu partilhar a sua experiência de viver apenas com o seu animal de estimação, através de seus desenhos. O resultado está abaixo e é absolutamente gênial! “É saudável estar em torno dos outros, mas também é saudável estar confortável o suficiente para passar o tempo sozinho.”, diz Yaoyao Ma Van As. Viver sozinho definitivamente tem seus momentos. Na verdade, pode ser absolutamente impressionante!

yaoyaomavanas

Yaoyao Ma Van As é uma pintora e ilustradora de 34 anos, que vive em Los Angeles e capturou a beleza íntima dessas instâncias em uma série de desenhos maravilhosos. A mulher, que agora está casada, desenhou as peças poderosas por um motivo bastante apropriado. Ela queria fazer algo apenas para si mesma!

yaoyaomavanas

“Apesar de trabalhar na indústria, mal tive tempo de desenhar para mim”, disse ela. “Antes que eu soubesse, eu comecei a desenhar experiências da minha vida porque era tão fácil para mim retratar”.

yaoyaomavanas

Os desenhos se concentraram em sua vida antes de se casar, quando vivia sozinha com seu pequeno cão Parker, que aparece em muitos dos seus desenhos.

yaoyaomavanas

“Viver sozinha não é tão assustador quanto parece!”, ela disse. “Sim, definitivamente houve momentos em que sugava, mas também havia incontáveis ​​momentos incríveis.”

yaoyaomavanas

“Cada dia você aprende a ser mais independente do que no dia anterior.”, disse a mulher. “Definitivamente é uma experiência que deve ser adotada.”

yaoyaomavanas

A arte de Ma Van As se concentra em seus aspectos favoritos de estar sozinha.

yaoyaomavanas

 

Mais importante, Ma Van As espera que seus desenhos transmitam que viver sozinho não é tão assustador.

yaoyaomavanas

Na verdade, é um pouco mágico. “Sozinho não significa solitário! Às vezes, você pode estar cercado por centenas de pessoas, mas ainda se sente totalmente isolado.”, disse.

yaoyaomavanas

Você já passou por isso? Compartilhe essas imagens incríveis com seus amigos e familiares!

Fonte: Portal do Dog

Facebook

Quer mais histórias? Click »