Colômbia colocará fotos de cães de abrigo nas capas dos cadernos – As crianças estarão cientes

Um dos grandes defeitos que as pessoas têm é que nossas necessidades tendem a ser mais fortes que nossa consciência. Queremos comer um doce com tal desejo, que não pensemos se está nos prejudicando ou se temos dinheiro para pagar por isso. Isso pode ser aplicado a todos os aspectos da vida, incluindo, por mais triste que seja admitir, cuidar dos animais. As pessoas adoram ter cachorros e gatos com elas, tanto que às vezes nem levam em conta se têm os meios e tempo para cuidar delas de acordo. 

É assim que muitos animais acabam vivendo nas ruas. Abandonados ao seu destino, eles são forçados a se acostumar a sentir fome apertando suas entranhas em todos os momentos.

O trabalho dos salvadores de cães é aquele que muitas vezes não recebe o apoio e celebração que merece. Mas são eles que são responsáveis ​​por ajudar os cães que o resto do povo decidiu deixar de lado. Eles são algo como heróis que definitivamente merecem mais atenção do que recebem, então todos nós devemos fazer a nossa parte para aumentar sua reputação. 

O trabalho que a Colômbia está fazendo a esse respeito é magnífico. 

Entendendo que o futuro de um país está na cabeça e no coração de seus filhos, eles lançaram um programa para substituir os projetos de entretenimento que preencheram as capas de cadernos infantis, com aqueles que ajudam a gerar conscientização sobre a situação dos cães abandonados.

Não só são fotos de cães resgatados, mas a história de cada um deles volta, cães abandonados que depois de serem resgatados e tratados por especialistas, encontraram uma segunda chance nas mãos de um dono que os trataria. Como eles merecem isso. O objetivo é que as crianças aprendam sobre a eficácia desses planos, enquanto aprendem uma lição sobre ajudar os outros, independentemente de estarmos falando de um cachorro ou de outra pessoa. 

Iniciativas como esta são as que devem ser replicadas em todos os lugares. Os cães merecem toda a dignidade e respeito que as pessoas gostam. 

Fonte: UPSOCL

Facebook

Quer mais histórias? Click »