Jovem de 27 anos escreve carta com conselhos de vida um dia antes de morrer de câncer

Toda a gente sabe que vai ter que enfrentar a morte um dia. Os filhos dizem adeus aos pais, os pais dizem adeus aos avós, por aí adiante. Essa é a ordem natural das coisas… Felizmente, a maioria das pessoas não precisa pensar sobre a sua própria mortalidade até chegarem a uma idade avançada. No entanto, algumas pessoas têm que enfrentá-la cedo, e Holly Butcher era uma dessas pessoas. Um dia antes de partir, ela escreveu uma carta com conselhos de vida no Facebook que está comovendo o mundo inteiro.

Facebook – Holly Butcher

Quando tinha apenas 26 anos de idade, Holly foi diagnosticada com sarcoma de Ewing, um tipo de câncer de ossos. A doença era muito agressiva, e ela acabou por falecer no dia 3 de janeiro de 2018, rodeada da sua querida família. 24 horas antes de partir desse mundo, ela escreveu uma carta emocionante onde nos dá lições de vida.

Agora, a sua mensagem está se espalhando pelo mundo e inspirando milhares de pessoas.

Facebook – Holly Butcher

“É uma coisa estranha perceber e aceitar a nossa mortalidade aos 26 anos. Essa é uma daquelas coisas que ignoramos. (…) Sempre me imaginei a envelhecer, a ficar com rugas e com cabelos brancos – provavelmente causados pela bonita família (com muitos filhos) que planeei construir com o amor da minha vida”, disse a australiana.

Facebook – Holly Butcher

“A vida é assim mesmo: é frágil, preciosa e imprevisível. Cada dia é uma prenda, não um direito adquirido. Tenho agora 27 anos. Não quero ir embora. Adoro minha vida. Sou feliz. Devo isso às pessoas que amo. Mas o controlo está fora das minhas mãos”, acrescentou.

“Isso tem sido um pouco duro. Só quero que as pessoas parem de se preocupar tanto com os pequenos e insignificantes estresses da vida, e se tentem lembrar que todos partilhamos o mesmo destino, por isso façam o possível para que vosso tempo valha a pena, sem desculpas”, pede Holly.

Facebook – Holly Butcher

“Naquelas alturas em que você se quer queixar sobre coisas ridículas (algo em que reparei tanto nesses últimos meses), pense nas pessoas que estão passando por verdadeiros problemas. Agradeça por o seu problema ser pequeno e ultrapasse ele. Não tem mal reconhecer que algo lhe irrita, mas é melhor não pensar sempre nisso para afetar de forma negativa os dias das outras pessoas”, aconselha.

Facebook – Holly Butcher

A jovem morava em Grafton, Austrália, e pede a todos que apreciem as pequenas coisas da vida. “Vá para a rua e respire bem fundo esse ar australiano nos seus pulmões. Veja quão azul é o céu e quão verdes são as árvores. É tão bonito. Pense no quão sortudo você é por conseguir fazer apenas isso: respirar.”

Hoje em dia, as pessoas se preocupam e estressam demasiado com coisas banais. Por isso, ela pede que todos tentem relaxar um pouco mais, pois a vida é curta. “Você pode estar preso no tráfego, ou ter dormido mal porque os seus lindos bebês lhe mantiveram acordado, ou o seu cabeleireiro pode lhe ter cortado o cabelo demasiado curto. As suas novas unhas falsas podem ter uma falha, os seus seios podem ser demasiado pequenos, ou pode ter celulite no rabo e a sua barriga estar ficando flácida. Liberte-se de tudo isso… Juro que você não vai estar pensando nessas coisas quando for a sua vez de partir”, alertou.

Facebook – Holly Butcher

“É tudo TÃO insignificante quando olhamos para a nossa vida como um todo. Estou assistindo ao meu corpo a se degradar e não posso fazer nada acerca disso. Tudo o que desejo é ter mais um aniversário ou um Natal com a minha família, ou então só mais um dia com o meu namorado e com o meu cachorro. Só mais um”, continua.

Holly se arrepende de não ter feito algumas coisas, e não quer que outras pessoas passem pelo mesmo: “Dar, dar, dar. É verdade que somos mais felizes a fazer coisas pelos outros do que a fazê-las por nós. (…) É sério, façam o que fizer o vosso coração feliz. (…) Comam o bolo. Sem culpas.”

Facebook – Holly Butcher

“Usem o vosso dinheiro em experiências… Ou então não deixem de fazer alguma coisa por terem gasto todo o vosso dinheiro em coisas materiais”, continua a jovem. “Tentem só desfrutar e fazer parte dos momentos em vez de os fotografarem através do ecrã do vosso smartphone. A vida não é para ser vivida através de um ecrã nem deve ser sobre conseguir a imagem perfeita… Aproveitem o momento, pessoas! Parem de o tentar captar para os outros verem.”

Facebook – Holly Butcher

“Digam não a coisas que não querem mesmo fazer. Não se sintam pressionados a fazer o que as outras pessoas consideram como gratificante. Podem querer uma vida mediana, e está tudo bem com isso” considerou Holly. “Digam que amam as pessoas que amam sempre que tiverem oportunidade.”

Facebook – Holly Butcher

“Lembrem-se, se há alguma coisa que vos deixa tristes, vocês têm o poder de a mudar – no trabalho ou no amor ou onde quer que seja. Tenham a coragem de mudar. Não sabem quanto tempo têm nessa Terra por isso não o gastem estando tristes”. Holly termina apelando à doação de sangue, que a ajudou a viver por mais um ano.

Facebook – Holly Butcher

A jovem australiana morreu 24 horas depois de publicar a carta, que já teve mais de 74.000 curtidas e 57.000 partilhas. Apesar de ter partido desse mundo, suas palavras continuam inspirando milhares de pessoas…

Facebook – Holly Butcher

Compartilhe a mensagem dessa jovem, e aproveite a vida enquanto pode!

Fonte: Little Things

Facebook

Quer mais histórias? Click »