Cãozinho que nasceu com deficiência em uma das patas foi jogado na neve para morrer de frio

Cãozinho que nasceu com deficiência em uma das patas foi jogado na neve para morrer de frio

Um Bulldog Inglês, agora chamado Draper, nasceu com uma pata dianteira necrótica, deixando-o com apenas três que funcionaram.

Por ser o único com defeito na ninhada, foi considerado inútil e jogado na rua para morrer.

Estava congelando lá fora, e logo o filhote recém-nascido foi enterrado na neve profunda enquanto caía do céu noturno de gelar os ossos.

O cachorro se deitou na neve gelada, perguntando-se por que seu dono desistia dele tão facilmente.

Felizmente, ele foi localizado por um transeunte que o pegou e o envolveu em um cobertor para aquecê-lo. Se o bom samaritano não tivesse encontrado o cachorrinho naquela noite, ele não teria sobrevivido até de manhã.

O resgatador imediatamente contatou um resgate de animais local para obter ajuda, que concordou em receber o cachorro.

Eles chamaram este doce menino de “Draper” e rapidamente o colocaram sob um aquecedor por 24 horas para ajudar a regular sua temperatura corporal.

Nesse ínterim, eles limparam sua perna dianteira e trocaram suas bandagens a cada poucas horas. Draper então começou a terapia a laser.

Ele apresentou uma melhora tremenda e agora comia sozinho e dormia bem. O filhote continua a ficar maior e mais forte a cada dia, e está até fazendo novos amigos caninos e gatinhos em seu lar adotivo.

Ele pode ser diferente dos outros cães, mas não vai permitir que sua deficiência o atrase!

Fonte: I Love My Dog

Facebook