Cão permanece na porta de hospital à espera do dono internado

Spike sensibilizou os funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro, no Espírito Santo, que se empenharam para cuidar do animal.

O tutor do cachorro Spike foi internado e o animal ficou do lado de fora do hospital esperando o homem sair. 

Por mais que a gente conheça histórias de fidelidade canina, uma nova sempre surpreende. A mais recente é de um cachorro que ficou na porta de um hospital, no Espírito Santo, à espera de seu tutor que foi internado.

Imagens do cão Spike foram publicadas na página da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro no Facebook na última sexta-feira, 1º.

A entidade conta que o cachorro “fez questão” de acompanhar o dono até lá na quinta-feira, 31, e que os funcionários, sensibilizados, se empenharam para que os dois ficassem juntos por mais um tempo. Porém, por questão de segurança, não foi possível prolongar o momento.

Spike recebeu carinho, foi alimentado e até ganhou uma visita ao pet shop. Quem trabalha na Santa Casa se revezou para cuidar dele, mas a intenção era levá-lo de volta para casa.

Segundo o hospital, o cachorro é “muito dócil e adorava brincar” e não havia previsão para o reencontro entre ele e o tutor, uma vez que o paciente ainda não tinha expectativa para receber alta.

Assista abaixo a alguns momentos de Spike em frente à Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro, no Espírito Santo:

Muito prazer eu sou Spike!Quer conhecer a história desta fofura? .Acesse aqui! https://bit.ly/332abJL

Posted by Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro on Friday, November 1, 2019

Fonte: Estadão

Facebook

Você vai adorar estas!