Cão é agredido em São Paulo e é encontrado com as patas mutiladas

Os casos violência contra os animais, infelizmente, ainda estão incutidos em nossa sociedade. Cada vez mais vemos histórias de pobres animais que são abandonados e maltratados. Quando é que isso vai parar? Hoje vamos conhecer um caso que teve lugar na cidade de Araraquara, localizada em São Paulo, que está chocando o mundo!

Pingo, um cachorrinho de sete meses de idade, tem por hábito andar pela sua rua. Porém, no último sábado, ele não regressou. Suas donas ficaram logo bastante preocupadas, pois isso nunca havia acontecido. Então, começaram de imediato a procurar o cão!

G1

Até que no final da tarde, o cão foi encontrado no meio do mato, perto de uma linha de trem. Ele estava num esta terrível, e estava chorando!

“Ele sempre vai dar uma voltinha, mas vai até na esquina e volta. Mas de repente ele sumiu. Andamos o bairro inteiro de moto, quando deu uma 17h30 uma moça veio falar que ele estava no mato, perto da linha do trem, chorando.”, disse Tamiris Silva, uma das donas do cão.

O animal estava em completo sofrimento, pois estava com suas duas patinhas dianteiras mutiladas. A almofada de uma das patas foi completamente removida e a da outra estava pendurada.

Pingo foi rapidamente levado para um veterinário. Lá ele recebeu atendimento de emergência e está sendo tratado. Ainda não se sabe exatamente o que aconteceu, mas pelo estado do animal, é possível que tenham sido humanos a causar seus ferimentos!

G1

O estado de saúde é estável e ele deve ficar internado por uma semana. As donas estão gastando R$ 310 por dia com a internação e os medicamentos e estão pedindo ajuda para conseguir cobrir esses custos. Quem quiser ajudar no tratamento do cachorro pode entrar em contato com as donas pelos telefones (16) 99251-3295 ou 99307-7230.

As donas registraram boletim de ocorrência e a Polícia Civil investiga o caso como crime de maus-tratos, cuja pena que varia de três meses a um ano de detenção. Esperemos que esses malfeitores tenham o que merecem… Nenhum animal merece sofrer desse jeito!

Compartilhe essa história de modo a aumentar a consciencialização contra casos terríveis como esse!

Fonte: Portal do Dog

Facebook

Quer mais histórias? Click »