Cadela corre até viajante e rouba o seu coração

Quando Scott Kalmbach viajou para a Guatemala, ele nunca pensou que daria um lar para um patudo.

O homem faz parte do Home for a Home, uma organização sediada em San Francisco que constrói casas para famílias, na Guatemala. Um dia, nas ruas de Balanya, Kalmbach quase foi tropeçado por um pequeno animal de cor bege, que veio em sua direção. Era uma linda cadelinha!

The Dodo

“Ela estava abanando o rabo e continuou caindo de toda a excitação.”, disse Kalmbach. O homem ficou surpreso com o quão animada e empolgada a cadela estava… Então, Scott pegou o celular e tirou uma foto. Mas infelizmente, ele teve um dia ocupado de trabalho numa aldeia próxima.

No entanto, ele prometeu que voltaria!

“Eu pensei: ‘Se eu encontrar a cadela quando voltarmos para Balanya, vou trazê-la para casa comigo.”, disse Kalmbach. “Ela era uma menina tão doce.”

The Dodo
Ele decidiu chamá-la de Chica

Naquela noite, quando voltou ao hotel, Kalmbach vasculhou a Internet para encontrar um grupo de resgate que pudesse ajudar Chica. Ele encontrou a Unidos Para Los Animales. Então, o homem entrou em contato com a fundadora, Linda Green, que concordou em ajudar.

Com um plano em andamento, o próximo passo era encontrar Chica

Ele procurou e revistou a aldeia, mas sem sorte. Então, ele pediu ajuda a um grupo de crianças. Os garotos pareciam reconhecer a foto de Chica e, depois de duas horas de caminhada, eles o levaram para o lixão da cidade.

The Dodo

“Ao lado desta torre de lixo estava Chica, sorrindo e abanando a cauda descontroladamente.”

The Dodo

Quando Kalmbach pegou Chica, logo percebeu que ela estava em má forma. Ela estava magra, coberta de pulgas e excrementos. Mas, apesar de tudo, ela estava feliz!

The Dodo

Chica finalmente teve um lugar seguro para descansar.

The Dodo

Em seguida, o homem enviou um pequeno e-mail para sua família em San Francisco: “Estou voltando para casa com uma história e uma surpresa.”, escreveu ele.

No decorrer do mês seguinte, a pequena Chica ganhou peso e foi tratada para os parasitas e pulgas. Não demorou muito para que ela estivesse com saúde, vacinada e pronta para o grande dia: ir para casa.

Ela voou para São Francisco e se reuniu com o pai

Eles passaram um mês separados, mas Chica logo se lembrou de quem ele era!

The Dodo

Kalmbach tinha a forte sensação de que Chica se encaixaria perfeitamente na família, e ele estava certo.

“Ela é fantástica com as crianças e tem sido uma grande madrasta para os nossos outros animais de estimação, incluindo coelhos e cabras”, disse Kalmbach. “Ela é extremamente carinhosa e adora dormir debaixo das cobertas na cama”.

The Dodo

Chica adora passar tempo com sua família. “Ela é ótima com outros cães e adora o parque.”, disse Kalmbach.

The Dodo

Agora, Chica tem uma vida de sonho, após um começo tão incerto. Kalmbach nunca se esquecerá de vê-la pela primeira vez naquelas ruas empoeiradas… O momento que mudou suas vidas para melhor.

The Dodo

“É difícil acreditar que ela teve um começo tão difícil, e agora se estabeleceu tão bem numa vida normal”, disse ele. “Eu acho que muitas pessoas encontram cães vadios quando viajam e não percebem que é possível lhes dar um novo começo.”

O mundo precisa de mais pessoas como Kalmbach… Compartilhe esse gesto incrível com seus amigos e familiares!

Fonte: The Dodo

Facebook

Quer mais histórias? Click »