Cão com necessidades especiais é adotado por uma mulher com o coração livre de preconceitos

Quando este pequeno cachorro, chamado “Freddie Mercury” estava definhando em um abrigo, era difícil ver além de sua aparência. Seu corpo minúsculo estava permanentemente contorcido e uma pata cresceu em um ângulo estranho. Ainda assim, este filhote merecia uma boa vida. No entanto, era difícil para as pessoas verem além de sua aparência.

Felizmente, existem anjos por aí que não dão muita importância à aparência de um animal. Eles estão focados no que esse animal merece! Uma mulher, chamada Angela, tem o coração mais gentil. Ela viu Freddie no abrigo e não podia deixá-lo lá, sabendo que ninguém o queria.

Angela levou Freddie para casa. A primeira vez que viu Freddie lutando para ficar de pé e andar, ela sabia que Freddie seria um desafio, clinicamente, mas seria firme e paciente. Era disso que Freddie precisava!

A nova mãe de Freddie mostrou a ele como era ser amado incondicionalmente.

Como Freddie ficou mais confiante e percebeu que sua mãe era um elemento permanente em sua vida, ele começou a agradecê-la regularmente. Ele tomaria Angela com os beijos mais doces. Freddie virava de costas como se dissesse: “Obrigado, mãe, por me salvar!”

A mãe de Freddie foi questionada continuamente como ela poderia colocar tanto esforço e amor em um cachorro que talvez não vivesse muito e sua resposta era simples: porque ele merece! Ela acrescentou que a vida era curta e você só precisa viver por hoje. Angela é uma mulher sábia!

Desde que trouxe Freddie para sua casa, a personalidade do cachorrinho realmente se transformou. Ele está mais confiante sabendo que é amado e está seguro. Ele acorda todos os dias sabendo que terá o que precisar. 

Muitas pessoas pensavam que Freddie parecia um monstro, mas não Angela. Angela acha que ele é absolutamente lindo! 

Esta história de resgate será para sempre uma das nossas favoritas. Cães com necessidades especiais merecem tanta felicidade. Não se prive! 

Confira a história de resgate de Freddie no vídeo abaixo!

Fonte: I Love My Dog

Facebook

Quer mais histórias? Click »