Cão cego fica feliz por ter visão recuperada por cirurgia

Os primeiros instantes depois de removerem os curativos são algo de que o cachorro Duffy e seus donos de modo algum esquecerão, no qual vai ser lembrado para a vida inteira.Quando o pobre cachorro Duffy, um terrier irlandês resgatado de oito anos, contraiu diabetes, ele, que conseguia enxergar nitidamente logo ficou completamente cego.

Seus donos ficaram muito triste ao verem seu cachorro sofrendo. Mas os veterinários conseguiram manter a doença sob controle, fazendo com que fosse possível tentarem cirurgia para recuperar a visão do cachorro.A Dog Time relata que um dos primeiros sinais da diabetes de Duffy foi quando ele começou a urinar dentro de casa. Testes de glicemia confirmaram a doença, e a cegueira o atingiu de forma rápida

A Healthy Pets afirma que 75% dos cães diabéticos ficam cegos devido à catarata, uma enfermidade que progride rapidamente e  tipicamente, causa cegueira dentro de um ano posteriormente o diagnóstico. Isso foi realidade no caso do cachorro Duffy, no qual aconteceu entre três a cinco meses, ele ficou totalmente cego.

Muito importante o apoio da família ao cachorro

A família de Duffy decidiu não desistir do amável cachorro. Os veterinários medicaram-no para controlar a doença e monitorar os níveis de açúcar em seu sangue. Assim que os números estabilizaram, o cachorro pôde passar por cirurgia. De acordo com o Daily Mail, a cirurgia custou $5.000, porém, para os donos de Duffy, o custo sequer influenciou (na decisão de não desistirem dele). Eles apenas queriam que o seu cachorro vivesse uma vida feliz. A julgar pela reação do cão, a tarefa foi concluída após a cirurgia. O cachorro ficou muito emocionado por poder ver seus donos outra vez , o seu rabinho balançava muito.

Parecia que ele queria agradecer os seus donos por não terem desistido deles, é muito emocionante. Compartilhe esta história maravilhosa com seus colegas e familiares!

Veja o vídeo do cachorro depois da cirurgia:

Fonte:Portal Amigo Cão

Facebook

Quer mais histórias? Click »