Cão aterrorizado resgatado de um canil clandestino, não deixava ninguém tocá-lo

Cão aterrorizado resgatado de um canil clandestino, não deixava ninguém tocá-lo

Em várias ocasiões, você nos ouviu falar sobre os graves casos de negligência por trás de criadores indiscriminados, que submetem os animais de estimação a situações mais que adversas, a fim de lucrar com a venda de seus filhotes.

Essas pessoas não são capazes de demonstrar amor, empatia ou compaixão por animais que explodem fisicamente, com o único objetivo de ganhar alguns milhares de dólares.

Aterrorizado, Remus não queria saber nada sobre humanos.

Superlotados, doentes e passando por ciclos reprodutivos realmente indiscriminados, os cães que cuidam dessas pessoas são vítimas de crimes graves de abuso de animais e suas ações são frequentemente denunciadas.

Existem até numerosos casos em que a crueldade deles é capaz de ir tão longe que, quando os animais nascem com malformações ou têm graves problemas de saúde que se recusam a lidar, eles não duvidam nem um segundo em abandoná-los.

Este vídeo conta o resgate emocionante do pobre Remus.

Milhares de cães que são resgatados todos os anos desses negócios clandestinos são transferidos para abrigos na esperança de que sejam dignos de uma vida mais digna. Há alguns meses, a National Mill Dog Rescue resgatou um mini Schnauzer extremamente assustado de um desses centros de criação, localizado no Centro-Oeste.

Chamado Remus, o cachorrinho tinha medo de qualquer interação humana. Quando Remus foi montado pela primeira vez na van dos socorristas, ele ficou muito assustado.

Remus se recusa a interagir com seu cuidador, morto de terror.

Durante o primeiro contato, ele estava encolhido no canto do canil, com medo de alguém se aproximar dele. Ele não queria ser tocado, disseram os voluntários do National Mill Dog Rescue sobre o comportamento desse animal de estimação.

Era extremamente importante que o pobre Remus passasse por algum tipo de reabilitação que lhe permitisse recuperar a confiança. Os voluntários deste centro de resgate de animais sabem melhor do que ninguém que, no caso de animais vítimas de abuso, as armas mais poderosas são paciência e amor.

Ao longo de sua vida, ele foi mantido em gaiolas.

Foi assim que tempo e paciência fizeram sua mágica. Lenta mas seguramente, Remus abriu e começou a querer que seus cuidadores o amassem e o abraçassem.

Seus avanços foram tão formidáveis ​​que Remus encontrou um lar para sempre. No dia de sua adoção, ele obteve um novo arnês, uma nova coleira, seu rastreador GPS, um novo irmão peludo e uma nova mãe.

Com paciência e amor, a confiança veio.

Se você está animado com esta história cheia de amor e esperança, não hesite em compartilhá-la com outras pessoas.

Fonte: Zoorprendente

Facebook