Cão aprende levar seu dono que tem Alzheimer de volta para casa

Animais de estimação, e especialmente cães, podem ser companheiros de vida fabulosos. Presentes em todas as situações com uma incrível capacidade de melhorar momentos ou dias inteiros, mesmo com um simples olhar.

Isso não é um exagero: foram comprovados cientificamente os efeitos “terapêuticos” dos cães em seres humanos. Bem como sua capacidade de entender o humor e as dificuldades daqueles que estão do seu lado, que são capazes – muitas vezes com resultados surpreendentes – de ajudar .

A história que estamos prestes a contar fala sobre isso. O protagonista é um lindo labrador preto, que realiza uma tarefa realmente importante e vital para seu dono.

O nome dele é Lass, tem cerca de 7 anos

Apesar de não ser um cachorro oficialmente reconhecido pela assistência a pessoas com deficiência, ele aprendeu a fazer esse “trabalho” com extrema precisão para seu dono Mariano.

O homem sofre de Alzheimer há algum tempo, e a sua patologia inevitavelmente piora com o tempo. O cachorro Lass está ao seu lado desde os estágios iniciais da doença. E embora os problemas ainda não fossem muito evidentes em Mariano, o labrador imediatamente entendeu que ele poderia fazer algo para ajudá-lo.

Um breve treinamento básico quando era filhote foi suficiente para fazer o cachorro entender o que ele poderia fazer. Durante os passeios, Mariano perdia a orientação cada vez mais frequentemente e não conseguia mais voltar para casa. Com a ajuda do fiel amigo Lass, no entanto, o homem sempre encontrou o caminho certo, evitando se perder e estar em perigo.

É isso mesmo!

O cachorro aprendeu literalmente a trazer Mariano de volta para casa, sozinho e sem que ninguém o ensinasse. Uma tarefa que não é de forma alguma simples se considerarmos que as estradas na área em que os dois vivem são muito semelhantes e não facilitam a orientação.

Quando Mariano pega a rua errada ou tenta entrar em uma casa que não é a sua, Lass prontamente o impede, trazendo-o de volta ao caminho certo. É o que observou o filho do homem, Carlos, que se sente tranquilo em deixar o pai passear com Lass. 

Infelizmente, hoje os dois saem por conta própria cada vez mais raramente, devido à piora do estado de saúde de Mariano. No entanto, Lass continua perto dele. E para ele é uma “terapia” incrível contra a depressão, não só um simples cão de companhia.

O apoio emocional que Lass dá ao dono é imenso e permanecerá assim para sempre. Um cão maravilhoso, portanto, também recompensado pelos veterinários de Madri por tornar a vida de Mariano mais segura. Cada um de nós deve ter um amigo como ele ao seu lado!

Fonte: Olha Que Video

Facebook

Quer mais histórias? Click »