Carta de um cão abandonado para seu dono que o deixou num abrigo para ser sacrificado

O abandono de animais é uma realidade bem presente no nosso cotidiano e milhares de animais continuam sofrendo às custas de pessoas cruéis. Os humanos continuam a tomar decisões irracionais e a colocar muitos patudos em situações precárias. Hoje vamos conhecer um cão que foi abandonado em um abrigo, para ser sacrificado!

Essa é uma história trágica que fará você quebrar seu coração. Vamos escutar Michele, uma trabalhadora do abrigo e colocar um fim ao abate desnecessário de cães. Um pequeno gesto pode mudar a vida de muitos animais, e está nas nossas mãos dar um lar amoroso a esses seres maravilhosos.

Lembre-se, também, de castrar seus animais. Isso reduzirá significativamente o número de cães entregues aos abrigos.

Michele Boggs lida com dezenas de cães abandonados todas as semanas. Ela diz adeus a muitos deles também… Ela compartilhou uma poderosa foto nas redes sociais de uma pilha de sacos contendo os corpos de cachorros mortos aos seus pés.

Então, para alertar toda a comunidade virtual, Michele escreveu uma carta da perspectiva de um cão, que jamais poderia ser salvo:

“Eu morri hoje. Você ficou cansado de mim e me levou ao abrigo. Eles estavam superlotados, e tirei um número desafortunado. Estou em uma bolsa de plástico preto, em um aterro sanitário.”

“Algum outro cachorrinho receberá a coleira mal usada que você deixou. Meu colar estava sujo e pequeno demais, mas a senhora o tirou antes de me enviar para o corredor da morte.”

“Eu ainda estaria em casa se eu não tivesse mastigado seu sapato? Eu não sabia o que era, mas era couro, e estava no chão. Eu estava apenas brincando. Você esqueceu de comprar brinquedos… Eu ainda estaria em casa se eu tivesse sido domesticado?”

“Há livros e professores de obediência que teriam ensinado a ir à porta. Eu ainda estaria em casa se eu não tivesse trazido pulgas para dentro da casa? Sem medicamentos anti-pulga, eu não as conseguiria tirar de mim depois que você me deixou no quintal por dias.”

“Eu ainda estaria em casa se eu tivesse feito você feliz? Bater-me não me fez aprender como. Eu ainda estaria em casa se você tivesse tomado o tempo para cuidar de mim e me ensinar maneiras? Você não me prestou atenção depois da primeira semana, mas passei todo o tempo esperando que você me amasse.”

“Eu morri hoje. Amor, seu filhote de cachorro.”

Michele explicou que trabalhar nesses abrigos leva seu preço a todos lá. “Cada um de nós no abrigo que cuida desses bebês diariamente, chorou por cada um desses cachorros. Alguns de nós lhes deram um beijo final. Um de nós compartilhou seu almoço com um cachorro. Mas, todos nós derramámos uma lágrima por eles.”

Ela pediu: “Por favor, envie isso a todos, é hora de parar o abuso de animais.”

Michele está certa… É hora de acabar com essa crueldade em relação aos animais!

Que triste…

Compartilhe essa carta emocionante com seus amigos e familiares, se você é contra o abandono de animais!

Fonte: Doggies

Facebook

Quer mais histórias? Click »