Suspeito criador de cães de luta é torturado por homens mascarados

Um homem de 52 anos, considerado suspeito de criar cães de luta, estava alimentar seus cachorros quando foi confrontado por três homens armados, que usavam máscaras para esconder suas identidades.

Os homens mascarados o forçaram a entrar em sua casa, onde o amarraram antes de o espancar brutalmente e o torturar até ficar sem uma orelha. “Eles o amarraram e o espancaram. Ele quebrou suas costelas, quebrou os dedos, foi esfaqueado com um picador de gelo, cortaram sua orelha. Isso é doentio!”, disse um primo da vítima.

A polícia acredita que o homem foi alvo por causa de sua criação de Pit Bull, que pode estar ligada a lutas entre cães.

Fox 2 Detroit

Quando as autoridades chegaram à propriedade, eles encontraram pelo menos 16 Pit Bull acorrentados na rua, vivendo na imundície de seu quintal. Para além disso, ainda haviam mais de uma dúzia deles, vivendo nas mesmas condições, na cave da casa.

Em uma segunda propriedade, que também pertence ao homem, foram descobertos outros cães em estado de saúde muito debilitado!  Então, o Controle Animal foi chamado às propriedades para remover os patudos, mas os membros da família insistem que o homem não estava envolvido em lutas de cães. Eles defendem que ele apenas gera cães para os vender…

Fox 2 Detroit

O homem agora está recuperando no hospital, mas enfrenta acusações de crueldade contra animais, por causa da condição em que seus cachorros foram encontrados. Os homens que o torturaram ainda não foram identificados, nem detidos.

Veja o estado em que estavam esses pobres animais:

Você acha que esse homem teve o que merece?

Compartilhe essa história para aumentar a consciencialização contra os maus tratos de animais!

Fonte: Doggies

Facebook

Quer mais histórias? Click »