Cadela idosa sem nariz é adotada pela família perfeita que a ama incondicionalmente

Existem muitas fábricas de filhotes ilegais pelo mundo a fora. Infelizmente, as condições nesses locais são péssimas, e os criadores se livram das cadelas idosas que já não podem dar lucro sem dó nem piedade. Foi o que aconteceu com Mirabel, uma Jack Russell Terrier, que foi para as ruas depois de já não conseguir ter mais filhotes. O animal foi visto vagueando pelas ruas por um bom samaritano, que deu o alerta às equipes de resgate. Quando se aproximaram, eles notaram algo muito diferente na cadela idosa – ela não tinha nariz.

Todos achavam que era uma terrível lesão facial, mas quando a equipe de controle de animais olhou Mirabel de perto, viu que não era nada do que imaginavam. Ela não tinha nem o nariz nem o lábio superior, mas isso não foi causado por um acidente – ela nasceu assim.

Após um exame veterinário, eles chegaram à conclusão de que ela provavelmente tinha uma anomalia congênita semelhante à fenda palatina dos humanos. Eles também determinaram que a cadela de 9 anos fazia parte de uma fábrica de filhotes.

Após anos e anos de reprodução, Mirabel ficou com dolorosos tumores mamários, uma hérnia inguinal e problemas dentários… depois de sair da clínica, o doce cão foi transferido para a Woodstock Animal Foundation (WAF). 

Apesar de seus problemas de saúde, Mirabel era muito alegre e energética!

WAF publicou a comovente história de Mirabel no Facebook, e teve uma onda de solidariedade inesperada: 6.000 dólares em doações (5.016 euros / 21.119 reais). A associação excedeu a meta necessária para pagar todas as contas médicas. As doações extra foram para cobrir as contas de outros cães que precisavam de cirurgia ou tratamento médico.

Mirabel encontra família perfeita.

Para além da solidariedade de anónimos, a história de Mirabel atraiu ainda a atenção das agências de notícias locais. Enquanto assistia ao noticiário uma noite, Kelli Shook viu o rosto precioso de Mirabel e sentiu imediatamente uma ligação com o animal especial.

“Eu não sei o que era. Era apenas algo em meu coração, eu só sabia que ela era perfeita”, disse Kelli. “Ela era muito amigável, chegava perto de todo mundo, sem medo de outros animais, sem medo de pessoas. Ela é ótima com crianças – ela adora crianças”.

Animal de terapia.

Kelli, uma treinadora e conselheira que trabalha principalmente com crianças, sabia que Mirabel tinha muito amor para dar ao mundo. Não demorou muito até que a mulher a adotasse e até que estivessem trabalhando lado a lado. “Estamos iniciando um programa de jovens aqui em nossa área, onde podemos ensinar empatia às crianças usando animais que não são considerados tradicionalmente fofinhos ou adoráveis”, disse Kelli . “Animais como Mirabel, que têm algum tipo de defeito congênito ou foram maltratados.”

Kelli diz que o visual único de Mirabel é chocante para as crianças no início, e houve até duas no programa de jovens que ficaram particularmente tocadas. Mas as crianças superam rapidamente as diferenças, e perceberem que ela é uma cachorra como todas as outras: apenas quer carinhos e atenção.

Inspiração para as crianças.

“As crianças nem se importam. Elas só pensam que ela é tão fofa”, disse. “Ninguém tem medo de acariciá-la, mesmo que seus dentes estejam aparecendo”. Kelli usa Mirabel para ensinar as crianças sobre gentileza, aceitação e respeito. “Tentamos transformar isso em uma lição, dizendo: ‘Veja, você não tem medo dela e não se importa com o aspecto dela, então tente ser assim com seus colegas’”, explicou Kelli . “Se há uma criança que parece diferente, não vamos tratá-la de forma diferente”.

A pequena Jack Russell Terrier pode ter alguns problemas de saúde, mas eles não a impedem de ser feliz. Kelli acredita que seu nariz é totalmente funcional: ela cheira muito bem e, como a maioria dos cachorros, adora comida. O único problema é que parece que Mirabel está sempre resfriada, pois o nariz pinga muito.

Para além de seu nariz, Mirabel tem um sopro no coração. Embora seu tempo neste planeta seja desconhecido, ela faz parte de uma família que a adora e está mudando a vida de muitas crianças para melhor. “Só porque um animal teve uma má primeira metade de sua vida, isso não significa que ele não pode ser um animal de estimação ou de terapia incrível.”

Acolher um cachorro idoso é sem dúvida um dos gestos mais nobres do mundo… mas não pense que você só está mudando a vida dele: a sua também irá mudar para melhor.

Compartilhe para aumentar a conscientização sobre a adoção de cães idosos! Obrigado.

Fonte: Animal Channel

Facebook

Você vai adorar estas!