Cadela explorada para caça é encontrada abandonada – ela estava com o coração partido, sozinha e não conseguia parar de chorar

Greyhounds of the Sun Animal Rescue é especialista em resgate de galgos. Para ser mais exato, eles trabalham especialmente com galgos espanhóis, pois muitos desses animais são abandonados ou mortos todos os anos, quando termina a temporada de caça na nação européia.

Os cães não são vistos como possíveis animais de estimação, então eles acabam em abrigos para eutanásia ou, o que acontece com mais frequência, são deixados à deriva nas estradas para passar fome e sede.

Foi assim que encontraram Matilda. Ela estava com o coração partido e com dor, sozinha nas ruas e não conseguia parar de chorar.

Seu corpo mostrava todos os seus ossos, pois pesava menos da metade do peso de um animal de sua raça e idade.

Um grupo de rapazes e moças ligou para Tina Solera, fundadora e presidente da Galgos del Sol Animal Rescue, para falar sobre a terrível situação em Matilda.

Tina escreveu no Facebook que estava passando pela cidade onde estava o pobre cachorro quando recebeu a ligação.

Veja abaixo o caso de Matilda em vídeo.

Tina pensou que como Matilda estava fraca, ela poderia resgatá-la sem uma armadilha, mas as coisas não foram tão bem quanto ela esperava. Alguns dos jovens locais pacientemente a ajudaram a colocar o cachorro na gaiola.

Acontece que Matilda, apesar de sua condição terrível, estava extremamente estressada. Os gritos que o cão emitiu, bem como o choro, foram muito angustiantes e acabaram alterando toda a equipe. Ela repetidamente tentou morder as pessoas que estavam tentando ajudá-la.

Com paciência, perseverança e tato, Tina e seus assistentes conseguiram colocar Matilda em segurança.

Matilda foi imediatamente levada para um hospital veterinário. Ela continuou a gritar e chorar durante toda a viagem e Tina não sabia se a cadela estava fazendo isso por dor ou medo.

Tina, que se mudou com sua família do Reino Unido para Múrcia, na Espanha, é mãe de dois filhos e disse que seu coração foi quebrado em pedaços pelos gritos de Matilda. “Eu envelheci cerca de 30 anos na última hora”, disse ela, ouvindo-a chorar e gritar é tão estressante que faz você se sentir inútil. Ela está segura agora.

O cachorro estava emaciado, coberto de carrapatos e com febre. Eles fizeram um raio-x de corpo inteiro e um scanner para ver se ela tinha algo quebrado, mas nada óbvio apareceu, então ela recebeu analgésicos e a colocaram em uma cama macia para dormir.

Alguns dias depois, Matilda se sentiu muito melhor. Eventualmente, ela grita, mas é normal por causa de todos os traumas emocionais que esse animal sofreu durante seu período nas ruas.

Para Tina, ver o galgo abanar o rabo é uma emoção indescritível. É um sinal de que ela pode acreditar nos humanos novamente e que está a caminho de viver uma vida normal.

Fonte: Zoorprendente

Facebook

Quer mais histórias? Click »