Cachorro leal perseguiu ambulância que levava seu dono para o hospital

Um cachorro leal perseguiu ambulância que levava seu dono para o hospital.

A lealdade de alguns animais não tem limites e a do cachorrinho dessa história é uma daquelas que chega ao infinito e além. Seu nome é Mandraque, um peludo que vive em Mineiros, Brasil e nunca está disposto a se separar de seu dono; nem mesmo porque é uma emergência médica.

Cachorro leal perseguiu ambulância

Este mês, o Dr. Igor Paiva Días e sua equipe médica testemunharam algo inigualável quando Mandraque apareceu no pronto-socorro de um hospital para acompanhar seu dono.

O filhote ficou angustiado e fez uma viagem de 8 km para não deixar seu humano sozinho.

Aparentemente o homem, cuja identidade não foi revelada pelo médico, se sentiu mal e foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Francisco Filgueiras Júnior, mas não estava sozinho, pois seu cachorro estava com ele.

O caso foi incomum, mas ficou ainda mais estranho quando o cachorro começou a perseguir a ambulância.

Nesse momento, um homem que passava pelo local não perdeu a oportunidade de registrar a situação.

 Em seus anos de carreira é a primeira vez que presencia algo dessa natureza.

O médico conhecia perfeitamente o filhote, assim como o dono que é paciente regular na unidade.

“O paciente é cadeirante e vai muitas vezes à UPA porque tem úlcera de tanto ficar sentado e deitado.

Se existe um exemplo de amor mais verdadeiro, não sei, pode ser próximo do seu amigo”. Disse o médico.

Comovido com a situação, o médico chegou a ligar para Mandraque e o convidou a entrar na ambulância. Foi doloroso para ele ver o esforço do filhote para chegar até a unidade e achou que não haveria problema.

“Nós íamos esterilizar a ambulância mais tarde, mas ela ainda não entrou e resolveu andar, então mandaram o motorista ir devagar para que o cachorro pudesse nos seguir”, disse Igor Paiva.

Uma vez no centro de saúde, o filhote foi autorizado a se aproximar de seu dono, mas teve que ser mantido fora da sala devido às políticas locais. 

Se fosse pelo médico, ele teria permissão para entrar, mas antes dele há outras autoridades.

“No momento em que o cachorro viu seu dono na maca, ele imediatamente pulou e começou a lambê-lo e beijá-lo”, disse Dias.

O bom é que Mandraque conseguiu acompanhar seu dono de alguma forma, já que não saiu da entrada do centro até que o homem tivesse alta.

Por sorte foi uma pequena emergência e sua permanência no local foi curta.

No entanto, mais uma vez a fidelidade de Mandraque foi demonstrada. O cachorrinho esperou por ele até o final e então eles voltaram para casa juntos.

“O paciente recebeu alta e seu fiel companheiro o acompanhou de volta para casa”. Concluiu o médico.

Como esperado, a história causou muita emoção entre os leitores, já que mais de um enalteceu a fidelidade do animal, e eles também se regozijaram por ter sua própria Mandrágora em casa.

Os mesmos médicos que presenciaram a cena ficaram comovidos com a situação nunca vista antes de um animal de estimação como Mandraque.

Sem dúvida, os cães são animais incrivelmente fiéis e inteligentes e, assim como este pastor alemão, muitos fazem o que for preciso para se manter leais e cuidar das pessoas que consideram família.

Ninguém poderia se sentir sozinho com um anjo como esse cachorrinho ao seu lado, se você tem um ser como Mandraque valorize.

Fonte: Zoorprendente

Facebook

Você vai adorar estas!