Burro se tornou “terapeuta” de doentes e idosos

Os animais, sejam eles gatos, cães, pássaros ou insetos, fazem parte do nosso dia a dia. Mas alguns acabam ganhando mais importância que outros. Esse é exatamente o caso de um burro da comunidade de Huelva, na Espanha. Graças a uma associação, o animal se tornou uma espécie de “médico” que vai de porta em porta visitando os doentes e idosos para alegrá-los.

Conheça Magallanes, o “Doutor burro”.

A associação ’’O burrinho feliz’’ há muito se esforça para destacar o que pode ser alcançado com o trabalho em equipe entre as pessoas e um dos animais mais tímidos do reino animal, o burro. E entre seus “funcionários” mais dedicados, há um chamado Magallanes, que foi treinado por meses para se tornar um “terapeuta” e iluminar os dias dos seus pacientes.

Ele faz visitas regulares a pacientes.

Magallanes foi capacitado para aliviar os dias ruins de idosos com Alzheimer, mobilidade reduzida, pacientes que sofrem de fibromialgia e crianças hospitalizadas e com deficiência. Esse adorável animal comporta-se com sensibilidade em relação a seus pacientes e membros da associação.

Por isso é possível encontrá-lo em asilos, sendo o centro das atenções dos idosos, que se arriscam a acariciá-lo ou a dar-lhe um biscoito como recompensa por seu comportamento.

E ele em breve terá uma “colega” de profissão.

O encontro entre idosos com Alzheimer e Magallanes é particularmente revelador, uma vez que os pacientes interagem com o animal, o que acaba sendo uma espécie estímulo para que o cérebro se reconecte com a realidade, ainda que momentaneamente. Muito em breve, uma nova burrinha terapeuta chamada Chiclana se juntará à equipe, e ambos passarão pelas instituições que necessitam dos seus serviços.

A entidade depende de doações e do apoio de voluntários.

As visitas de Magallanes são gratuitas, pois todas as despesas são pagas pela já mencionada associação “O burrinho feliz”. A instituição é dirigida apenas por voluntários que, com suas doações em dinheiro ou tempo, levam essa iniciativa adiante e energizam os corações e mentes das pessoas que mais precisam.

O melhor trabalho.

E, embora pareça que esses idosos, crianças e pacientes tenham a melhor parte do bolo, eles não são os únicos que se beneficiam do trabalho. Magallanes também sai ganhando. A associação não busca apenas dar uma boa qualidade de vida às pessoas, como quer que os amados burrinhos voltem a se incorporar à sociedade, dentro do respeito mútuo e do trabalho compartilhado.

Fonte: Incrível Club

Facebook

Você vai adorar estas!