Bebês trocados são devolvidos aos pais biológicos sob forte comoção

As famílias que tiveram seus bebês trocados na maternidade do Hospital de Urgência de Trindade (Hutrin), na região metropolitana de Goiânia, no dia 9 de julho, conseguiram destrocar os recém-nascidos após portanto o exame de DNA comprovar que os bebês estavam com os casais errados. 

Pauliana Maciel Aguiar de Sousa e Genésio Vieira de Sousa desconfiaram que havia algo errado quando perceberam, após alguns dias com o filho, que os traços e características da criança eram muito diferentes dos deles. A partir da desconfiança, o casal realizou então um exame de DNA que comprovou a não paternidade. 

Com o resultado em mãos, o casal procurou a polícia.

Devido a repercussão na cidade, outro casal rapidamente compareceu na delegacia. Eles tiveram um filho no mesmo hospital, na mesma data. Aline de Fátima Bueno Alves e Murillo Praxedes Lobo desconfiaram que o filho deles poderia ser o filho de Pauliana e Genésio 

Foi comprovado nesta quinta-feira (1), a partir de um exame de DNA solicitado pela delegada que investiga o caso, que as crianças realmente haviam sido trocadas. As famílias – que aguardavam há quatro dias o resultado, enquanto moravam na mesma casa – puderam destrocar os bebês após 23 dias. O momento da troca foi de forte comoção para as mães. 

As famílias formalizaram a situação dos filhos. Que, por enquanto, vão ficar então sob um termo de acolhimento afetivo até a expedição das certidões de nascimento. Cada família já seguiu para sua própria casa, com um dos casais morando a 52 km da capital. 

Com o exame de DNA como prova da troca dos bebês, as investigações continuam. 

Segundo a delegada, o depoimento das quatro servidoras do Hutrin foram contraditórios em relação às informações passadas pelas famílias. E teriam entretanto insinuado que a troca foi feita pelas próprias mães, o que já foi descartado pela investigação. As enfermeiras continuam trabalhando normalmente devido à falta de servidores na instituição.

Bebês trocados são devolvidos aos pais biológicos sob forte comoção | Primeiro Impacto (02/08/2019)

Fonte: Sbt

Facebook

PODE GOSTAR TAMBÉM