Bebê de 5 meses toca campainha ao vencer o câncer

Ela tem apenas cinco meses e provavelmente não se lembrará daquela época em que for mais velha. Mas sua família e funcionários do hospital não estão prontos para esquecer sua batalha.

Lillian Grace Borden nasceu em 5 de setembro de 2019. Tudo parecia estar bem até que uma enfermeira suspeitou que algo estava errado com o bebê recém-nascido.

A enfermeira descobriu que Lillian não estava mexendo os braços e pernas corretamente, diz ABC . Os médicos fizeram uma ressonância magnética e o exame mostrou que havia algo anormal no tronco cerebral.

My girl ♥️#cancerfree #lovingmybaby

Posted by Leann Borden on Tuesday, January 28, 2020

Uma página do  GoFundMe  foi criada para ajudar a família de Lillian a cobrir despesas médicas. Ficamos sabendo que a ressonância magnética foi enviada a especialistas californianos que decidiram que deveriam examinar o bebê. 

Os piores temores da família se tornaram realidade: a menina tinha um tumor perto do tronco cerebral e da medula espinhal.

As notícias terríveis só pioraram. Os médicos disseram aos pais preocupados que eles não poderiam operar o tumor devido à localização.

Havia apenas uma esperança: uma forma recente de quimioterapia para um tipo específico de tumor. Três semanas após a quimioterapia, chegaram notícias incríveis. De fato, durante a última ressonância magnética de Lillian, nenhum tumor foi observado!

A pequena Lillian foi autorizada a voltar para casa em novembro. Após alguns tratamentos e verificações, a menina foi declarada livre de câncer no mês passado.

Lillian, acompanhada por sua mãe, Leann, tocou a campainha para comemorar que o bebê estava livre de câncer. Leann agradeceu aos médicos e enfermeiros por seus cuidados e apoio incansáveis.

“Quero agradecer ao Dr. Hastings por salvar meu bebê. Vocês são incríveis. Nunca conheci pessoas tão fantásticas na minha vida”, disse a mãe emocionada.

Parabéns, pequena Lillian! 

Esperamos que este ano possamos celebrar muitos casos de crianças que venceram o câncer!

Fonte: Incroyable

Facebook

Quer mais histórias? Click »