Aeroporto “contrata” porquinha para distrair e acalmar passageiros

Aeroporto “contrata” porquinha para distrair e acalmar passageiros

Lilou é a nova estrela do Aeroporto de São Francisco e o primeiro de sua espécie a fazer parte de um programa de animais de terapia aeroportuária do mundo.

A porca, ou “miniporca”, de cinco anos, passa pelos detetores de metais e pelas portas de embarque com um objetivo: ajudar a aliviar a ansiedade no aeroporto e acalmar alguns passageiros.

Com um chapéu de piloto e de unhas pintadas a vermelho, a porquinha é um verdadeiro sucesso, protagonista de milhares de selfies e super experiente em arrancar sorrisos!

“As pessoas ficam muito felizes e conseguem se distrair da viagem e das rotinas”, disse Tatyana Danilova, a dona do animal.

Para além de acalmar e divertir passageiros, Lilou tem transformado o aeroporto em um sítio especial e único. “Quando lançamos o programa, o nosso principal objetivo era aliviar o estresse de nossos passageiros. No entanto, o que a gente descobriu é que também acabou sendo estabelecida uma conexão especial com nossos passageiros. Está sendo incrível ”, explicou Jennifer Kazarian, responsável pela gestão do aeroporto.

Para poder ser um animal de terapia, Lilou teve de se submeter a um treino específico. Teve de provar que tem um temperamento estável, boas maneiras e uma personalidade amistosa.

Para ajudar à festa, ela sabe cumprimentar com uma patinha e é até capaz de tocar músicas com as patinhas em um piano de brincadeira…

“Nunca tinha visto um porco no aeroporto; ela sabe fazer truques como um cão!”, diz Katie, uma maravilhada passageira de oito anos, enquanto Lilou bate com as patas nos teclados. É uma profissional tarimbada, afinal já tem este “trabalho” faz quase três anos, sempre com muito sucesso.

É de sublinhar que seu “trabalho” é voluntário e consiste precisamente em distrair, alegrar e acalmar nervos. Quem consegue resistir a Lilou?

Se pretender seguir os passos da porquinha Lilou, pode seguir ela em seu Instagram aqui!

Fonte: Catioro Reflexivo

Facebook

Você vai adorar estas!

Sair da versão mobile