Adolescentes largam tudo para ajudar esquilo “congelado”

Adolescentes largam tudo para ajudar esquilo “congelado”

Dois adolescentes estavam no centro de St. Andrews, em New Brunswick, no Canadá, quando notaram uma multidão de pessoas em pé ao redor de um carro. 

Eles foram investigar e souberam então que havia um esquilo debaixo do carro e que precisava desesperadamente de ajuda. Portanto quando a criaturinha emergiu, os adolescentes ficaram chocados ao perceber que ele não parecia absolutamente nada com um esquilo. 

De alguma forma, o esquilo estava coberto de espuma, do tipo usado para remendar buracos na casa. É provável que ele acidentalmente tenha passado pelo material enquanto estava molhado. E uma vez seco em cima dele, o pobre coitado mal conseguia se mexer. 

Os dois adolescentes, Jaydon Pettipas e Aidan Hart, sentiram imediatamente compaixão pelo esquilo ferido e sabiam que ele não sobreviveria a menos que alguém o ajudasse o quanto antes. Eles correram para dentro de uma mercearia e pegaram um engradado de leite onde puderam colocar o esquilo, e logo começaram a ligar para amigos e parentes para obter conselhos sobre o que fazer. 

“Depois de chamar algumas pessoas para ajudar, uma das mães dos meninos finalmente me ligou na clínica veterinária”. Disse Melanie Eagan, dona da Clínica Veterinária St. George, ao The Dodo. 

Depois de falar com Eagan no telefone, o grupo dirigiu mais de 34 km para a Clínica Veterinária St. George para deixar o esquilo, esperando que Eagan pudesse de alguma forma salvar sua vida. Quando chegaram e transferiram o esquilo para seus cuidados, Eagan mal podia acreditar em seus olhos. 

“Ele mal conseguia se mexer e, na verdade, estou surpresa que ele ainda estivesse vivo. A espuma estava bloqueando a maior parte de sua boca e narinas”. Disse Eagan. “Ele podia mover as pernas traseiras um pouco, mas o resto do corpo estava literalmente imobilizado.” 

Eagan rapidamente sedou o esquilo e, em seguida, usando álcool e um pente para pulgas, iniciou o longo processo de retirar todo o isolamento de espuma do minúsculo corpo do esquilo e ficou impressionado quando todos os seus esforços realmente funcionaram. 

“Demorou cerca de uma hora”, disse Eagan. “Houve algumas manchas de pele e algumas abrasões em sua pele, mas no final ele não parecia tão ruim!”

Considerando a condição em que o esquilo estava quando ele chegou, Eagan ficou impressionada com sua força para lutar e sobreviver. Exausto de sua provação muito assustadora, o esquilo aconchegou-se e dormiu por algumas horas, e Eagan ficou na clínica para vigiá-lo o tempo todo. 

Quando ele finalmente estava acordado e claramente se sentindo muito melhor, Eagan conseguiu libertá-lo de volta à vida selvagem, e ficou muito feliz ao ver como estava feliz por estar saudável e livre novamente. 

“Ele estava muito animado para sair da clínica e subir em uma árvore”, disse Eagan. “Se não fosse por esses adolescentes, ele não teria sobrevivido”. 

Fonte: The Dodo

Facebook