Adolescente salva animalzinho com cabeça presa em copo

Adolescente salva animalzinho com cabeça presa em copo. Uma atitude exemplar. Que bom seria se todos se importassem com os animais.

Se você gostar dessa história, não se esqueça de compartilhar com seus amigos, pois isso ajuda muito na divulgação de boas histórias.

Quando o filho de Becky Ball disse que queria parar o carro, ela não achou que ele estivesse falando sério.

“Achei que ele estava brincando”, disse Ball.

Mas o adolescente determinado não aceitaria um não como resposta. Olhando pela janela do passageiro, o menino viu um gambá com a cabeça presa em um copo – e ele sabia que tinha que ajudar.

Adolescente salva animalzinho com cabeça presa em copo.

A dupla estava a caminho do treino de cross-country do menino quando avistaram o gambá lutando na estrada, tropeçando sem rumo, incapaz de enxergar.

O adolescente salva animalzinho. Você pode ver o gambá lutando em um vídeo que Ball fez.

Veja abaixo:

Ball ficou imediatamente preocupada com o que poderia acontecer se seu filho se aproximasse de um animal notoriamente fedorento.

“Eu estava com medo de que ele fosse pulverizado”, disse Ball. “[Eu] não achei que ele estivesse falando sério… até que ele abriu a porta para sair.”

Cuidadosamente, o menino puxou o copo do gambá, e a pequena criatura finalmente estava livre.

Felizmente, ele conseguiu fazer isso sem assustar o gambá e desencadear uma resposta de spray.

O gambá, talvez entendendo que o garoto estava lhe fazendo um favor, apenas continuou seu caminho pela estrada.

A convicção do adolescente prova que, às vezes, quando se trata de ajudar os animais, vale a pena falar – mesmo que as consequências possam ser fedorentas.

Vimos essa história no The Dodo e trouxemos especialmente para você, porque sabíamos que você iria gostar.

Você também vai gostar de ler: Adolescente encontra seu gato perdido há muito tempo enquanto se voluntariava em um abrigo.

Compartilhe com seus amigos, pois isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos e manter o projeto. Obrigado.

Facebook