Policial para homem que se parece com seu filho morto. Um pouco depois, ele vê o que está no painel

As guerras fazem muitos mortos e feridos, não só civis como soldados. Nem todas as famílias têm a sorte de se reunir com seus entes queridos novamente. Essa é uma dura e angustiante realidade… nunca devemos deixar de lembrar e honrar as pessoas corajosas que colocam suas vidas em perigo para proteger seu país, tal como esse veterano do exército que vamos ver em seguida.

É difícil seguir em frente após perdemos nossos amados. Mas, às vezes, as pessoas encontram consolo de formas inesperadas. Foi o que aconteceu com esse policial quando encontrou um ex-soldado do exército dos EUA chamado William Jazwinski. O homem estava dirigindo quando foi mandado parar por esse oficial. O que aconteceu em seguida foi simplesmente comovente.

Facebook – William Jazwinski

O veterano do exército resolveu contar seu encontro inesperado com esse policial nas redes sociais, e agora sua publicação está se tornando viral. Leia e tente não se comover!

“Eu – Bom dia. Eu estava excedendo os limites de velocidade?

Oficial – Bom dia. Não, não estava. Só queria parar você e dizer obrigado pelo seu serviço.

Eu – Ah, você viu o adesivo no carro, legal. De nada, senhor. O prazer é meu.

Oficial – Onde você serviu?

Eu – Fui ao Iraque. Fiz 15 meses no departamento de Fort Benning.

Oficial – Muito bem. Meu filho foi para o Iraque. Mas ele não voltou para casa.

Eu – Sinto muito por ouvir isso. Eu estive a fazer um tratamento para Transtorno de Estresse Pós-Traumático.

Oficial – Vejo que você tem uma bandeira no caminhão. Tal como aquela que comprámos para meu filho… Posso lhe fazer uma pergunta?”

Facebook – William Jazwinski

Nessa altura, o policial fez uma pergunta inesperada:

Oficial – Você se importa de sair e receber um abraço? Você me lembra meu filho. Eu parei você. Pensei que você fosse ele… Na maioria dos dias, ainda não consigo acreditar que ele se foi.

Ambos estávamos com lágrimas nos olhos. Eu saí e abracei aquele homem por um minuto ou dois, chorando. Estávamos de joelhos chorando. Eu precisava disso.

Para todas as famílias e amigos de soldados que estão em combate ou já combateram: Deus vos abençoe. Que a paz entre em seus corações. É tão difícil viver sem eles, eu sei. Essa é uma estrada difícil. Amor para todos.”

O policial havia perdido seu filho, e o ex-soldado estava lutando contra Estresse Pós-Traumático por tudo o que viveu na guerra… É maravilhoso ver como o destino juntou esses dois estranhos para se confortarem um ao outro. Ambos estão lutando para seguir em frente, e eles se sentiram um pouco melhores por saberem que não estão sozinhos.

Compartilhe para homenagearmos os soldados e suas famílias… muita força para todos eles!

Fonte: Newsner

Facebook

Quer mais histórias? Click »