Mulher abraça gato doente que ninguém queria tocar e algo maravilhoso acontece…

Quando somos mal tratados durante uma vida inteira, é muito complicado nos habituarmos a sermos bem tratados, amados e acarinhados. Um pequeno gesto de sensibilidade de outra pessoa para connosco, parece ser um gesto grandioso. Aos olhos de quem nunca foi amado, um abraço pode ser uma dádiva!

Ninguém sabe a história de Valentino, mas é óbvio que o pobre gatinho teve uma vida dura. O animal foi privado do contato e amor dos seres humanos. Quando ele chegou em um abrigo de animais, Baldwin Park, nos Estados Unidos, o pobre gato estava muito mal tratado, com condições de saúde terríveis.Valentino sofria de sarna sarcóptica, uma doença altamente contagiosa em gatos e seres humanos. Seus olhos estavam tão infetados que o bichinho mal os conseguia abrir.

John Hwang

Ninguém queria tocar nele, ninguém exceto Elaine Seamans. Logo que a mulher chegou ao abrigo, ela não pode aguentar com a dor que sentiu em seu coração, ao ver o gatinho em sua jaula, doente.

“Ele estendeu sua pequena pata e fez um pequeno miado”, disse Elaine. “Era como se dissesse: “Por favor, me ajude”.

John Hwang

Elaine teve muito trabalho com o pequeno Valentino. Sem se preocupar com sua doença, a mulher pegou o animal ao colo, apertou-o contra seu peito e ambos partilharam um momento de puro amor!

A maioria das pessoas que viram o estado do animal, pensaram que ele estava às portas da morte, mas esse abraço trouxe de volta a vida e esperança que esse pequenino corpo frágil precisava.

John Hwang

Valentino deitou a cabeça no ombro de Elaine e estendeu a perna com a pouca força que lhe restava.
Então Valentino repetiu novamente aquele pequeno miado como se dissesse: “Obrigado!”.

“Este é um dos gatos mais simpáticos que já conheci. Quando eu o vi em Baldwin Park, ele roubou meu coração”, disse Elaine.

John Hwang

Ela então contatou Toby Wisneski, fundador de Leave No Pets Behind, uma organização que resgata animais em perigo. “Eu atendi sua chamada e após ouvir seus gritos de aflição, minha decisão foi tomada”, disse Toby. “Nós não poderíamos deixá-lo morrer”.
Naquele dia, Toby e Elaine salvaram a vida do gato adorável e ele finalmente descobriu o amor que estava procurando! Eles chamaram o anima de Valentino pois ele tem um grande coração, cheio de amor.

John Hwang

Por causa de seus olhos fechados, Valentino não podia ver a equipe e veterinários que o ajudaram, mas ele sabia que estava em boas mãos. No primeiro dia na clínica seus tratamentos começaram imediatamente, tanto que ele sentiu um alívio e começou a ronronar e a se aconchegar.

“Apesar de tudo isso, Valentino é tão amoroso e gentil que ele roubou o coração de todo o pessoal da clínica”, disse a associação Leave No Pets Behind.

John Hwang

Seus olhos lentamente começam a abrir. “Ele tem um longo caminho a percorrer, mas cada novo dia traz pequenas melhoras… Tudo o que ele quer é amor!”.

Valentino está progredindo e até já como bem, “Seu prognóstico é excelente e uma vez que ele ultrapassou tudo isso, ele terá uma longa vida pela frente”, disse Toby.

John Hwang

Valentino ainda precisa de descanso para se recuperar completamente, mas o pequeno gato sabe que ele está em segurança e é amado. Após essa etapa, tudo o que ele necessita é de uma família que o ame!

Facebook

Quer mais histórias? Click »