Conheça o mergulhador que sacrificou a sua vida para resgatar as crianças presas na gruta da Tailândia

O mundo inteiro acompanhou o resgate das 12 crianças que estavam presas na gruta da Tailândia junto com o seu treinador. Felizmente, nesta terça-feira, as notícias pelas quais todos nós esperávamos chegaram: os 13 foram resgatados com vida, depois de passarem duas semanas isolados na gruta Tham Luang.

É um milagre estarem todos sãos e salvos. No entanto, nada disto seria possível sem os heróis que fizeram de tudo para resgatar a equipe de futebol juvenil. Das dezenas de homens que entraram na missão, há um que merece particular atenção: Saman Kunan, de 38 anos. O mergulhador perdeu a vida por estas 13 pessoas, e nunca devemos esquecer o que ele fez, em honra ao seu heroísmo.

Facebook – Thai Navy Seal

No dia 7 de julho, Saman Kunan, perdeu a vida quando tentava sair da gruta. O mergulhador de 38 anos foi entregar suprimentos às crianças e ao treinador, e a sua garrafa de oxigênio ficou sem ar enquanto regressava. “A sua missão era entregar oxigênio, e ele não tinha o suficiente para fazer o caminho de volta,” disse um dos porta-vozes da missão. Saman deixou este mundo, mas fê-lo como um verdadeiro herói.

Mundo inteiro aplaude o herói

Saman Kunan era um mergulhador experiente. Ele era um ex-soldado da Royal Thai Navy, uma equipe que tem sido um trunfo de valor incalculável nas tarefas de resgate.

Facebook – Thai Navy Seal

Como ex-soldado, Saman ofereceu-se para tentar salvar a equipe juvenil de futebol. Ele concretizou o seu desejo de ajudar, mas isso custou-lhe a vida. Agora, ele está sendo reconhecido como herói, e o rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, decidiu fazer um lindo gesto. Numa entrevista recente, ele disse que pagará os custos do enterro de Kunan. A cerimónia ocorrerá na cidade de Saman, Roi Et.

Saman Kunan, foi um verdadeiro herói! Nunca nos esqueceremos dele, nem as 13 pessoas que lhe devem a vida. Compartilhe para homenagear a sua memória: todo o mundo merece conhecer a face deste herói.

Fonte: Newsner

Facebook

Quer mais histórias? Click »