Motoristas apitam para caminhão parado na estrada. Depois, um adolescente vai até ele e congela quando olha para o interior

A maioria dos motoristas adolescentes estão ansiosos por experimentar a estrada. Eles querem acelerar, ultrapassar o trânsito e ouvir música bem alta no carro. No entanto, nem todos os jovens são assim, e Max Greenwood é um exemplo perfeito disso. Enquanto estava dirigindo, ele viu um carro parado na estrada, e decidiu ver se o estranho precisava de ajuda.

Os outros motoristas estavam demasiado ocupados para perceberem que algo estava errado. Mas o garoto não ia ficar de consciência tranquila se não agisse. Ele resolveu parar para saber se estava tudo bem com a pessoa do automóvel parado no meio da estrada. Max percebeu que o motorista estava estacionado num sinal de parada, e aparentemente em perigo.

O jovem olhou em volta e percebeu que outros motoristas estavam irritados por seu caminho estar bloqueado, e nem queriam saber se a pessoa que estava no volante precisava de ajuda.

Facebook – Mary Ann Pudelko

Em vez de buzinar e seguir em frente como os outros motoristas, Max saltou do seu caminhão e correu para a ajudar homem. “Algumas pessoas estavam buzinando e algumas pessoas passaram por ele porque estavam frustradas por ele estar parado. Eu não queria apenas buzinar e ser rude como eles”.

As ações rápidas de Max inspiraram duas outras mulheres a saírem do carro para ajudar também. No começo, eles não sabiam o que estava errado com o motorista. No entanto, o homem conseguiu reunir força suficiente para compartilhar porque ele ficou parado no meio da estrada.

“Ele disse às mulheres que pensava que seu açúcar no sangue estava baixo. Ele piorou progressivamente. Uma das mulheres deu-lhe uma Coca-cola para ajudar com os níveis de açúcar, mas eu percebi que isso não estava ajudando, então eu liguei para a emergência.”

Em poucos minutos, a ajuda chegou e o homem foi transportado para o hospital. Quando perguntaram a Max porque ele decidiu ajudar, o adolescente disse:

Facebook – Mary Ann Pudelko

“É uma pessoa. Se eu estivesse na sua situação, gostaria que alguém me ajudasse… Parei porque sempre tento fazer um esforço para ajudar as pessoas do lado da estrada”. A mãe de Max criou sem dúvida um ser humano gentil e atencioso!

Sua mãe, Mary Pudelko, está radiante pela atitude de Max: “Você educa os seus filhos dizendo para fazerem o que é certo, e quando ele fez eu me senti muito orgulhosa. Nestes dias e época, em que muitos jovens não pensam em mais ninguém, ele decidiu fazer a diferença”.

Sem o rápido pensamento de Max, o açúcar no sangue do motorista poderia ter atingido níveis perigosamente baixos. Mas, graças ao adolescente, o homem está agora estável e se recuperando.

Você também teria parado? Diga a sua opinião nos comentários!

Fonte: Faith Tap

Facebook

Quer mais histórias? Click »