9 exemplos incríveis de como influenciamos nosso cérebro

O cérebro ainda possui muitos mistérios por decifrar. Todos nós sabemos que esse órgão misterioso é essencial para nosso corpo e também para nossos pensamentos. Apesar de ainda esconder vários segredos, a ciência já descobriu alguns factos brilhantes sobre ele e sobre a forma como influenciamos nosso cérebro. Hoje vamos lhe mostrar algumas dessas descobertas!

9 das descobertas mais brilhantes sobre nosso cérebro

Privação de sono piora nossa memória
Deposit Photos

A falta de sono pode piorar nossa memória e aumentar a probabilidade de virmos a ter a doença de Alzheimer. Esse facto foi descoberto pelos Cientistas da Universidade da Califórnia, em Berkeley. Enquanto dormimos, as células cerebrais eliminam compostos tóxicos. Se alguém nunca dormir o suficiente, esse processo não será feito corretamente, algo que pode ter um efeito devastador nas células do cérebro.

O estresse crónico destrói o cérebro
Deposit Photos

O estresse crónico piora nossa memória, capacidade de aprendizagem e autocontrole. Para além disso, ele contribui para que uma pessoa se sinta constantemente irritada, ansiosa, tensa e distraída.

O amor e o ódio têm muito em comum
Deposit Photos

Cientistas britânicos descobriram que o amor e o ódio são originados em zonas cerebrais semelhantes. A diferença é que o amor reduz significativamente a atividade das áreas do julgamento e do pensamento lógico, ao contrário do ódio.

O cérebro é sensível à desidratação
Deposit Photos

Às vezes, nós influenciamos nosso cérebro com nossos maus hábitos e nem fazemos ideia. Esse órgão possui cerca de 80% de água. Por isso, mesmo uma pequena perda desse líquido (cerca de 2%) reduz a concentração e atenção. Isso leva à deterioração da memória de curto prazo e de outras capacidades cognitivas importantes.

A gravidez altera a estrutura do cérebro
Deposit Photos

Estudos comprovam que gravidez reduz a quantidade de matéria cinzenta nas zonas do cérebro responsáveis pela cognição social e a capacidade de entender os outros. Isso acontece para que a mulher possa fortalecer a conexão com seu bebê, e para ajudá-la a entender as necessidades de seu filho.

O açúcar piora a memória e reduz a capacidade de aprendizagem
Deposit Photos

Se consumirmos frutose em demasia, estaremos a reduz nossa capacidade de aprendizagem, memória e concentração. Isso acontece porque o excesso de açúcar destrói conexões neurais. Os cientistas relembram que o açúcar processado é muito mais prejudicial. Felizmente, os produtos que contêm ácidos graxos e ômega 3, como peixes gordos e nozes, eliminam as consequências desse consumo excessivo.

O amor romântico e o de mãe são muito parecidos
Deposit Photos

Na atividade cerebral, o amor romântico e o de mãe são relacionamentos semelhante. Mas, obviamente, existem diferenças. Por exemplo, o romântico ativa as áreas relacionadas com excitação sexual. Para além disso, a ansiedade e medo diminuem, e a euforia aumenta. Já o amor materno ativa as áreas responsáveis ​​pelo carinho.

Pintar melhora o funcionamento do cérebro
Deposit Photos

Vários estudos provam que pintar e contemplar obras de arte melhoram o funcionamento do cérebro e retardam seu envelhecimento. Os investigadores estudaram a influência da arte em pessoas de 62 a 70 anos. Metade deles tinha formação em história da arte, e a outra metade um curso de pintura. As aulas de pintura deram um resultado muito mais forte do que a história da arte.

Ler treina o cérebro
Deposit Photos

Um estudo de Oxford, que você pode ler aqui, provou que a leitura treina as capacidades cognitivas do cérebro e ativa áreas que não são usadas em outros alturas. Quando lemos, o sangue entra nas zonas do cérebro responsável pela concentração e cognição. Isso não acontece quando vemos TV ou jogamos jogos de computador.

Já conhecia esses factos interessantes sobre o cérebro? Compartilhe essas descobertas com seus amigos!

Fonte: Bright Side

Facebook

Quer mais histórias? Click »