Herói resgata Pit Bull preso em inundação mortal

Por todo o mundo, as catástrofes naturais têm devastado muitas comunidades. Em uma dessas situações, as pessoas perdem grande parte dos seus bens materiais e infelizmente algumas delas a vida. Essa história é sobre dois cachorrinhos, considerados de raça perigosa, que em uma inundação quase perderam suas vida.

 Facebook - Mike Anderson
Facebook – Mike Anderson

Segundo o canal de previsão do tempo, aproximadamente 40.000 casas foram destruídas, 30.000 pessoas foram resgatadas, 11 pessoas perderam suas vidas e cerca de 1.000 animais de estimação foram resgatados nessas cheias no Estado de Louisiana.

Sem contar com as equipes de socorro, muitos foram aqueles que socorreram não só pessoas mas também animais em perigo de vida nessas inundações. Socorristas voluntários como Mike Anderson e Darrell Watson, procuraram por toda a parte por aqueles que precisavam ser salvos. Estes dois, salvaram perto de 100 vidas, quer humanos, quer animais.

 Reshareworthy
Reshareworthy

Os voluntários Mike e Darrell, encontraram dois pit bull, lutando pela vida. Os cachorrinhos perderam-de de sua família e estavam encalhados e quase submersos, tentando permanecer agarrados em uma cerca de uma casa que já tinha sido levada pela água. Para esses cachorrinhos, a morte já era quase certa, não fossem esses heróis a resgatá-los!

Mike julga que os animais estavam lá à já 16 horas, lutando contra a força da água. “No canto do olho vi um vulto sacudindo, foi tudo o que vi”. “Agradeço a Deus por me ter deixado vê-la”.

 Facebook- Josh Petit
Facebook- Josh Petit

Já exaustos, esses homens juraram continuar buscando por mais vidas em risco e não tinham previsão de quando parar.

 Facebook - Derrell Watson
Facebook – Derrell Watson

Ambos os voluntários se disponibilizaram para adotar os cachorros pelos quais arriscaram a vida. Por esses dias, os abrigos de animais estão lotados e uma ajuda extra é seguramente bem vinda.

Se você arriscaria sua vida para salvar um animal, compartilhe com seus amigos e familiares!

Facebook

Quer mais histórias? Click »